30.3 C
Rio Branco
17 junho, 2021 6:04 pm

CPI da Covid: Não há evidência comprovada da eficácia da cloroquina contra coronavírus, diz Queiroga

Ministro já tinha prestado depoimento à comissão em maio, mas senadores consideraram suas respostas vagas e cheias e contradições

POR BBC NEWS BRASIL

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, admitiu na CPI da Covid nesta terça (8/6) que a cloroquina não tem eficácia comprovada cientificamente no combate ao coronavírus.

Há um mês, em seu primeiro depoimento, o ministro havia evitado se posicionar sobre a cloroquina – remédio defendido e promovido pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) desde o início da pandemia, apesar de estudos robustos terem apontado sua ineficácia contra o coronavírus.

O ministro foi reconvocado à CPI porque, segundo os senadores, suas respostas no primeiro depoimento contiveram muitas contradições e não esclareceram os pontos investigados. Ele havia se recusado a responder diversas perguntas de maneira objetiva.

Médico e presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia, Queiroga é o quarto ministro à frente da pasta durante a gestão do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Ele assumiu o ministério em março deste ano, após a saída do ex-ministro Eduardo Pazuello e em meio a um pico de mortes e contaminações por covid-19.

Leia mais em BBC News Brasil, clicando AQUI.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.