16.3 C
Rio Branco
29 julho 2021 5:06 am

Deputado denuncia falta de ambulância e diz que feijoenses dependem da saúde de Tarauacá

POR TIÃO MAIA, PARA CONTILNET

Com uma população estimada em pelo menos 35 mil habitantes, o município de Feijó, a 350 quilômetros da capital, não tem ambulância á disposição do hospital geral da cidade, segundo denunciou o deputado estadual Cadiemiel Bonfim (PSDB) ao ContilNet nesta quarta-feira (16)Segundo ele, o problema vem de longe, desde o governo passado.

“Dede que assumi o mandato de deputado, em 2019, constatamos a falta de ambulância no Hospital Gerald de Feijó. E desde então passamos a reivindicar, mas até agora não fomos atendidos”, afirmou.

De acordo com o deputado, o secretário de DSaúde, Alyssson Bestene, o informou que um processo licitatório visa adquirir 28 ambulâncias para o estado. “O problema, ao que parece, está nas fábricas, que não tem os veículos para pronta entrega, principalmente depois da pandemia do coronavírus”, disse. “Dessas ambulâncias, queremos trazer pelo menos uma para Feijó”, disse.

De acordo com o deputado, o problema do município só não é maior porque o serviço de saúde de Tarauacá, município vizinho, tem ajudado. “Só não é pior por isso e porque aqui há uma ambulância do Samu, que ajuda ao nosso município. Nesses tempos de pandemia, pessoas já morreram à espera de ambulâncias. Para nos socorrer, tem vindo ambulâncias até de Rodrigues Alves, que é um município bem menor que o nosso”, disse Cadimiel Bonfim. “Temos que mudar isso”, finalizou.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.