26.2 C
Rio Branco
28 julho 2021 9:12 pm
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Dia registra alta, mas MS avalia que há retração em óbitos e novos casos Covid

É a menor taxa nos últimos 21 dias, registrando 40 de média. Mas, hospitais continuam cheios

POR LÚCIO BORGES ORTEGA - CORRESPONDENTE MS

CAMPO GRANDE (MS) – O boletim epidemiológico Covid 19 de Mato Grosso do Sul, desta quarta-feira (23), destaca 51 novos óbitos pelo vírus no Estado, voltando passar dos 50 diários ante três últimos dias ter ficado com máximo 38 mortes-dia registradas. Mas, a avaliação da SES (Secretária de Estado de Saúde), é que Estado apresenta retração em óbitos e novos casos de Covid, com a menor taxa nos últimos 21 dias, registrando 40 de média. Contudo, hospitais seguem lotados e o total de mortes deve chegar as 8 mil nesta semana ante atuais 7.915.

Nesta quarta-feira, são 51 mortes e  novos casos ficaram em 1.711, nas últimas 24 horas. Ontem foram 1,206 casos e 38 óbitos, mas a SES apontou que interferindo diretamente na média móvel de contágio, MS está em decréscimo. Assim, dados em baixa, revela melhoria na taxa de contágio e pode ser retribuído as medidas de restrição adotas pelo Estado, na luta contra a covid. O total de casos confirmados chegaram a 327.216 no MS.

O que continuou em avaliação critica é o  total de internados, que são 1.033, entre as redes públicas e privadas de saúde. Os pacientes que seguem em tratamento só nas unidades hospitalares públicas são 373 em leitos clínicos, onde são tratados casos de menor gravidade e 433 em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), local em que estão os mais graves.

Bem como, as filas de espera por leito de tratamento para Covid-19 no Estado ainda são existentes, com destaque principal para Campo Grande, que está com maior número, apresentando 89 casos.  Já em Dourados que era o segundo maior está com apenas 3 pessoas aguardando por leito covid, situação que traz alivio para o município que passou por lockdown.

UTIs 100%

A taxa de ocupação de leitos hospitalares para tratamento de pacientes com a doença por macro região está em: da Capital com 104%, em Dourados 93%, operando com capacidade dentro do possível.

Entre os casos ativos, muitos seguem realizando tratamento em suas próprias residências, onde o boletim de hoje destaca 14.479 pessoas.

E ainda se encontram aguardando para análise 1.277 amostras no Laboratório Central de Mato Grosso do Sul (Lacen) que está operando com sobrecarga e ajuda de parceiros.

Essas e outras informações sobre a pandemia no Estado, podem ser acompanhadas através do site: https://www.coronavirus.ms.gov.br/

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.