20.3 C
Rio Branco
2 agosto 2021 1:53 am

Especialista ensina quatro passos para colocar a conta de luz em dia

Pesquisa da Confederação de Lojistas aponta que 41% dos entrevistados que organizaram seu orçamento sentiram melhora da vida financeira

POR ASCOM

Manter a vida financeira em dia nem sempre é fácil. Ainda mais quando o cenário é afetado pela pandemia de Covid-19, que segundo pesquisa da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo SPC Brasil, levou 81% dos entrevistados a fazerem cortes ou ajustes no orçamento em 2020 para manter as contas do dia a dia em ordem. De acordo com a análise, 78% afirmam que a pandemia exerceu impactos na vida financeira da família, e com isto 49% passaram a evitar a compra desnecessária de roupas, calçados e acessórios, 44% reduziram gastos com lazer e 40% fizeram pesquisa de preço.

“Ajustar o orçamento doméstico à renda familiar é o melhor caminho para colocar as contas dias”, é o que afirma Edicarla Oliveira, contadora da Energisa em Rondônia e responsável analisar por manter as contas da concessionária em dia. A contadora observa que, de acordo com a própria pesquisa, 41% daqueles que perceberam melhora em sua vida financeira durante o ano passado, atribui à organização do orçamento. “Primeiro é preciso listar suas despesas mais básicas e fixas como conta de energia, gás de cozinha e aluguel. Somar tudo e ver quanto você tem de despesa e de receita, para então fazer os ajustes”, explica. A especialista ensina quatros passos para gerir o orçamento doméstico:

Passo 1 – Se você já tem dívidas, negocie!

Se ao longo do tempo as dívidas se acumularam, a melhor alternativa é negociar e, assim, evitar que vire uma bola de neve. Escolha o valor da parcela que você tem realmente condições de cumprir e encaixe no seu orçamento doméstico, junto com aqueles itens básicos fixos. “Na Energisa, por exemplo, a partir de uma fatura vencida já é possível parcelar, com valores fixos que serão somadas ao seu consumo mensal”, explica Edicarla. A concessionária ainda oferece o parcelamento no cartão de crédito através do aplicativo Energisa On de forma rápida, segura e sem sair de casa. As condições estão disponíveis para consulta também no whatsapp GISA ( 69 9 9358-9673) e no site www.energisa.com.br.

Passo 2 – Use a tecnologia para controlar os gastos

Depois de ter negociado as dívidas, chegou a hora de controlar novos gastos. Nesse momento, uma ajudinha da tecnologia vai bem! Este controle pode ser realizado por meio de planilhas eletrônicas ou ainda por aplicativos gratuitos de celular que te ajudam a entender o comportamento do seu orçamento doméstico ao longo dos meses, bem como lembrar do dia do vencimento de contas, a anotar novas despesas e ver se encaixam no seu orçamento. “Antes de comprar algo, consulte seu aplicativo e avalie se é realmente o momento de adquirir aquele item. Talvez uma compra por impulso agora, pode virar na dor de cabeça de amanhã. Aproveite que está como celular na mão e pesquise o preço em outros fornecedores, talvez encontre uma oferta que seja perfeita para você”, declarou a especialista.

Passo 3 – Preveja seus gastos

Planeje seu orçamento para o ano, prevendo os meses em que podem ocorrer gastos maiores com material escolar, renovação de carteira de motoristas, IPVA e até variação de consumo de energia devido ao calor. “Pouca gente percebe, mas no verão utilizamos mais o ar-condicionado e a geladeira, por exemplo, e que provocam o aumento da conta. Por isso, observe o seu histórico de consumo na fatura de energia e anote no seu aplicativo a previsão do valor da sua conta para os meses”, indicou.  No site da concessionária há disponível um simulador de consumo de energia para que os clientes estimem o quanto cada eletrodoméstico utiliza por mês. Além de dar dicas de economia de energia com vídeos ilustrativos em suas redes sociais. “Pequenos ajustes como utilizar mais a luz natural durante o dia, juntar as roupas para passar uma vez por mês ou a cada duas semanas já fazem diferença. O uso consciente e eficiente da energia contribui para redução do consumo e, consequentemente, da fatura”, envolver toda a família no controle dos gastos é sempre a melhor maneira de manter estes gastos dentro do orçamento, complementa Edicarla.

Importante: O controle de um ano, pode ajudar para que planeje tudo para o próximo ano e assim ter ainda mais eficiência no planejamento e no equilíbrio financeiro familiar, não se esqueça de planejar uma reserva para gastos excepcionais.

Passo 4 – Verifique se tem direito a desconto em tarifas e serviços

Todo desconto em serviços é sempre bem-vindo. Por isso, verifique se você tem direto a redução de tarifas em bancos, pacotes de internet ou celular. No caso da conta de luz, verifique se você tem direito a desconto pelos programas de Tarifa Social de Energia Elétrica ou Tarifa Rural. O primeiro é destinado a famílias de baixa renda e que dá desconto de até 65% na tarifa de acordo com o consumo mensal. Em Rondônia, o número de inscritos na Tarifa Social triplicou desde que a Energisa assumiu a concessão. “A divulgação intensiva dos critérios e os mutirões de atendimento juntos aos clientes que têm perfil mapeado impulsionaram esse crescimento que atualmente beneficia mais de 95 mil famílias em todo estado, mas ainda há mais pessoas para alcançar”, observou Edicarla.

Para se cadastrar, o cliente titular deve entrar em contato com a concessionária pelo 0800 647 0120 ou ir até uma agência de atendimento. É necessário apresentar  CPF, Carteira de Identidade ou, na inexistência desta, outro documento de identificação oficial com foto. Deve informar o código da unidade consumidora a ser beneficiada; o Número de Identificação Social – NIS ou, no caso de recebimento do Benefício de Prestação Continuada – BPC, o Número do Benefício – NB; e o relatório e atestado médico.

Já para desconto pela Tarifa Rural, o cliente deve estar cadastrado na concessionária como desenvolvedor de atividades agropecuárias (classificados nos grupos 01.1 a 01.6 da CNAE); aquicultura (cultivo de organismos cujo ciclo de vida sem condições naturais se dá total ou parcialmente em meio aquático, disposta no grupo 03.2 da CNAE); e residencial rural (residência localizada em área rural, utilizada por trabalhador rural ou aposentado nesta condição). A lista com a documentação necessárias para se cadastrar no benefício está disponível no site www.energisa.com.br

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.