32.3 C
Rio Branco
5 agosto 2021 4:48 pm

Gladson autoriza construção do Centro Integrado de Meio Ambiente de Feijó

POR SECOM

Privilegiado com uma das maiores amostras de biodiversidade do planeta, o Acre é referência internacional na proteção de suas riquezas naturais e sustentabilidade. E o governo do Estado assegurou mais um importante passo na proteção do meio ambiente, nesta quinta-feira, 17.

Em Feijó, o governador Gladson Cameli assinou a ordem de serviço para a construção do segundo Centro Integrado de Meio Ambiente. Em um só espaço, vários serviços ambientais serão ofertados para a população do Vale do Tarauacá-Envira e Manoel Urbano, a terceira região mais habitada do Acre.

“O que temos feito neste governo é respeitar e preservar o meio ambiente e, ao mesmo tempo, dar a segurança necessária para o desenvolvimento do nosso estado. O centro vai facilitar a vida dos produtores rurais e ajudar as fiscalizações contra quem insiste em desobedecer as leis ambientais”, pontuou o gestor.

Centro vai facilitar a vida dos produtores rurais e ajudar as fiscalizações, assegura Gladson Cameli Foto: Diego Gurgel/Secom

A obra está orçada em R$ 2,8 milhões e é financiada pela fase II do Programa de Desenvolvimento Sustentável do Acre (PDSA), do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). A estrutura será a primeira edificação autossustentável construída no estado.

“Toda energia consumida no prédio será produzida por placas fotovoltaicas. A água vai ser retirada do poço e reaproveitada. É uma importante conquista para a população que vive na região central do estado, bem como para a questão ambiental”, enfatizou Israel Milani, secretário de Meio Ambiente.

Israel Milani explica que toda energia consumida no prédio será produzida por placas fotovoltaicas. Foto: Diego Gurgel/Secom

Como o próprio nome sugere, o Centro Integrado reunirá ações da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), Instituto de Meio Ambiente do Acre (Imac) e Instituto de Terras do Acre (Iteracre). A partir de outubro, processos de emissão de licenciamentos ambientais, regularização fundiária, outorga de água, Cadastro Ambiental Rural (CAR) e Programa de Regularização Ambiental (PRA) serão oferecidos em Feijó. Atualmente, esses serviços são realizados somente em Rio Branco.

“Todo investimento em Feijó é muito bem-vindo. Gostaria de agradecer o governador Gladson Cameli por mais essa obra em nosso município e tenho certeza dos inúmeros benefícios do centro para a população”, destacou o prefeito em exercício do município, Elson José.

Doação de madeira apreendida

Durante a solenidade, houve ainda doação, por parte do governo estadual, de seis metros cúbicos de madeira apreendida pelo Imac para a Prefeitura de Feijó, que serão utilizados para a construção de lixeiras públicas e do batalhão local do Corpo de Bombeiros.

Evento foi realizado no terreno onde será construído o Centro Integrado de Meio Ambiente Foto: Diego Gurgel/Secom

O evento, realizado no terreno onde será construído o Centro Integrado de Meio Ambiente, contou ainda com a presença da presidente da Câmara de Vereadores, Derlândia Souza; do presidente do Imac, André Hassem; e do comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Carlos Batista.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.