23.3 C
Rio Branco
18 junho, 2021 7:53 pm

Horóscopo do dia: confira o que os astros revelam para seu signo nesta sexta-feira

Veja o horóscopo por Oscar Quiroga para desvendar esta sexta-feira, 4 de junho, de acordo com cada signo

POR OSCAR QUIROGA, CORREIO BRAZILIENSE

AÇÃO!

Data estelar: Lua míngua em Áries.

Inadvertidamente, desistirás de desistir e te envolverás em alguma ação, mesmo que, por falta de planejamento e organização, nenhum resultado proveitoso te traga. Agir é teu destino, não importa de que signo sejas, qual teu gênero ou orientação, teu credo, tua raça, tua condição socioeconômica, não importa nada, porque no quesito ação, somos todos exatamente iguais. As tuas condições e colorações peculiares e únicas darão o tom da ação, mas é certo que tu agirás, porque tudo em teu intelecto, emoção e físico funcionam te preparando constantemente para ação. Até desistir de agir é uma ação às avessas! Por isso, se tu te ergues sobre a densidade do teu desânimo e planejas teus próximos movimentos, verás que colherás resultados auspiciosos. Não sucumbas à encantadora tentação de te abandonar!

ÁRIES (nascimento entre 21/3 a 20/4)

As tensões não podem ser resolvidas no grito, e existem porque há interesses discordantes que devem ser postos lado a lado e negociados até se encontrar uma maneira harmoniosa de convivência. Paciência, muita paciência.

TOURO (nascimento entre 21/4 a 20/5)

Elevar o tom da voz não dará a você a razão que você procura, muito pelo contrário, resultará em tensões que desviarão a atenção do que realmente interessa. Mantenha a cabeça no lugar e contenha seus impulsos.

GÊMEOS (nascimento entre 21/5 a 20/6)

Procure se aproximar de pessoas amigáveis, para que nos momentos atrapalhados e confusos você tenha um pouco de suporte e proteção, porque, em cenários hostis, essa condição passageira resultaria em agressividade.

CÂNCER (nascimento entre 21/6 a 21/7)

Sempre haveria opções além das que a alma considera ser as únicas disponíveis. Sentir que não tem nada a fazer senão seguir em frente com o que parece ser a única opção, considere que isso seja uma decisão de sua parte.

LEÃO (nascimento entre 22/7 a 22/8)

A quietude é recomendável, mas como se entregar a ela com a alma ardendo de ansiedade, tentando decifrar os enigmas que a vida apresenta, e que parecem colocar seus projetos em perigo? Parece impossível, mas dá.

VIRGEM (nascimento entre 23/8 a 22/9)

Não havendo ninguém para culpar pela sua situação, não seria sábio começar a culpar a si. O melhor a fazer é sair de uma vez por todas do jogo infame de culpados e vítimas, e começar a fazer algo mais positivo.

LIBRA (nascimento entre 23/9 a 22/10)

O tempo é o senhor de todos os projetos, e por mais que a ansiedade finja que pode fazer com que acelere, na prática tudo acontece de acordo com os ciclos que são inerentes. Procure se adequar a essa realidade. É assim.

ESCORPIÃO (nascimento entre 23/10 a 21/11)

Cedo ou tarde, você fará o que deseja. Aí mora o perigo! Porque, que desejos sua alma deseja? Você tem certeza de que valeria a pena realizar tudo que você deseja. Em princípio parece que sim, mas depois…

SAGITÁRIO (nascimento entre 22/11 a 21/12)

Querer tudo para já seria arrumar encrenca neste momento, porém, nem sempre a alma está com essa dose de bom senso toda para refletir com calma sobre a situação. Às vezes ela teima mesmo sabendo ser errado.

CAPRICÓRNIO (nascimento entre 22/12 a 20/1)

Há momentos em que seria melhor não se envolver em nenhuma discussão, mas no fragor de as palavras irem e virem de um lado a outro, ninguém se lembra disso. Então, resta esperar que os ânimos se assentem. Só isso.

AQUÁRIO (nascimento entre 21/1 a 19/2)

Suas vontades são sagradas e devem ser cumpridas. Porém, além de suas vontades há também o cenário em que essas teriam capacidade, ou não, de serem bem-sucedidas, caso você decida seguir em frente. Tenha isso em mente.

PEIXES (nascimento entre 20/2 a 20/3)

Fazer o que você quer, nada melhor seria do que isso! No entanto, há compromissos, regras e limitações que não podem ser dribladas neste momento. Porém, sempre haverá brechas por onde a alma consegue fazer o que quer.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.