25.3 C
Rio Branco
22 julho, 2021 7:47 pm

Médico decreta fim da carreira de Eriksen: “Alguém deixaria ele morrer de novo?”

Profissional do Tottenham não vê mais o jogador atuando profissionalmente

POR IG

O meio-campista da Dinamarca, Christian Eriksen, que neste sábado sofreu uma parada cardíaca durante a partida da Eurocopa contra a Finlândia, não tinha patologias anteriores. A informação foi confirmada pelo seu ex-médico no Tottenham, Sanjay Sharma, que considerou que ele morreu “por alguns minutos” e que “sua carreira no futebol possivelmente acabou”.

“Claramente, algo deu terrivelmente errado. Mas eles conseguiram recuperá-lo. A questão é o que aconteceu e por que aconteceu. Esse homem fez exames normais até 2019, então como essa parada cardíaca pode ser explicada?”, questionou o médico e professor de cardiologia esportiva da Universidade de St George’s, em Londres, para a agência de notícias PA.

O jogador da Inter de Milão desmaiou aos 43 minutos de jogo no Parken Stadion. Ele teve parada cardiorrespiratória e foi atendido no gramado pelos médicos, que tentaram reanimá-lo por quase 15 minutos. Só foi transferido para o hospital após estar estabilizado. Ele se encontra internado, estável e consciente.

Sharma, que trabalhou com Eriksen durante a estada do dinamarquês no Tottenham (2013-2020), considerou que o fato de o jogador estar consciente é “um sinal muito bom”. Mas, na sua avaliação, quando o assunto é voltar a jogar, ele é pessimista:

“Não sei se ele vai jogar futebol novamente. Francamente, ele morreu hoje, mesmo que por alguns minutos, mas ele morreu. Um profissional médico permitiria que ele morresse de novo? A resposta é não. A boa notícia é que ele vai viver. A má notícia é que chega ao fim sua carreira. Se vai jogar outra partida de futebol profissional não posso dizer; no Reino Unido ele não jogava, seríamos muito rigorosos”, concluiu Sharma, que preside o grupo de especialistas em cardiologia da Federação Inglesa (FA).

O médico da seleção dinamarquesa, Morten Boesen, confirmou a informação de que ele teve uma parada cardíaca, em entrevista coletiva, neste domingo. Boesen falou que Eriksen sofreu uma parada cardíaca e, por isso, precisou de uma manobra de ressuscitação.

Segundo Boesen, Eriksen tem quadro estável: “Está bem dentro das circunstâncias. Conversei com Christian várias vezes e ele conversou com os jogadores. Ele continuará sendo observado, e os exames estão OK, ao que parece”, disse.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.