25.9 C
Rio Branco
23 julho, 2021 8:22 pm
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

MS registra circulação de 13 linhagens do coronavírus

Vírus novos são 2,5 vezes mais transmissíveis se comparado ao primeiro no País

POR LÚCIO BORGES ORTEGA - CORRESPONDENTE MS

CAMPO GRANDE (MS)- A SES (Secretaria de Estado de Saúde) revelou nesta quarta-feira (23), que o coronavirus no estado de Mato Grosso do Sul registra a circulação de pelo menos 13 linhagens ou mais conhecidas Cepas ou variantes da Covid 19. E o pior ainda, é que são vírus 2,5 vezes mais transmissíveis se comparado ao primeiro que passou a circular no País. Veja abaixo os nomes e de onde veio, se criou os novos vírus.

A avaliação desta realidade é que pode ter ajudado ao Estado entrar em descontrole no mês passado e saltar muito a quantia de casos positivos e mortes, que bateram recordes. Bem como, a aglomeração por parte da população que fez o vírus variados chegarem e se espalhar.

Conforme a SES, ente os 13 variantes, quatro são as maiores ou se espalharam mais em MS, sendo mesmo um quarteto do próprio Brasil e demais vieram de novas criações de nove ou mais paises espalhdos pelo mundo.

Conforme a Secretaria, estão circulando no Estado as seguintes linhagens:

● B.1.1.28 – linhagem brasileira – presente em 32,4% dos casos;

● B.1.1.33 – linhagem brasileira – presente em 21,6% dos casos;

● P.1 – linhagem brasileira surgida em Manaus – presente em 21,6% dos casos;

● P.2 – linhagem brasileira surgida no Rio de Janeiro – presente em 17% dos casos;

● B.1.1.274 – Inglaterra, Tailândia, Rússia e EUA – presente em 0,6% dos casos;

● B.1 – linhagem europeia – presente em 1,7% dos casos;

● B.1.1 – linhagem europeia – presente em 0,6% dos casos;

● B.1.1.247 – antiga B.1.1.55 linhagem do norte da Europa, Norte da África e Gâmbia – presente em 0,6% dos casos;

● B.1.212 – linhagem Sul Americana – presente em 1,1% dos casos;

● B.1.240 – EUA – presente em 0,6% dos casos;

● N.4 – surgiu no Chile derivada da B.1.1.33.4 – presente em 1,1% dos casos;

● B.1.1.44 – Reino Unido, Dinamarca, Islândia – presente em 0,6% dos casos e

● A.2.5.2 – Itália, EUA, Reino Unido – presente em 0,6% dos casos.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.