33.3 C
Rio Branco
24 julho, 2021 6:51 pm
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

MS tem jovem de 17 anos entre 50 óbitos Covid nesta sexta-feira

Mortes no Estado são registradas em sua maioria em pessoas abaixo de 50 anos

POR LÚCIO BORGES ORTEGA - CORRESPONDENTE MS

CAMPO GRANDE (MS) – O boletim epidemiológico de Mato Grosso do Sul desta sexta-feira (18), destaca a morte pela Covid-19 de uma jovem de 17 anos, moradora de Itaquiraí, município a 410 Km de Campo Grande capital. Além da moça, outras 48 pessoas vieram a óbito no Estado em decorrência do vírus, nas últimas 24 horas. O MS mantem a média de 50 mortes por dia, com média móvel de 50,6%. UTIs tiveram uma baixa, mas devido as transferências a outros Estados e pelos óbitos. Porem, a lista de espera permanece.

Conforme a SES (Secretaria de Estado da Saúde), foram confirmadas até o momento 7.719 casos fatais. E o número de infectados nas últimas 24 horas é de 1.715 novos casos, média de mais de 1.500 infecções por dia. Até o momento são 321,2 mil casos confirmados em MS.

Os dados repassados no fim desta manhã, mostram que a um bom tempo, a idade dos que vem perdendo a vida, está na maior parte, de pessoas jovens, bem abaixo de 60 anos. Como a jovem que faleceu oito dias após sua internação, apesar de ser portadora de doenças respiratórias crônicas, de acordo com a SES. Com a jovem de hoje, já são 12 pacientes com 18 anos ou menos, que faleceram em MS.

Os dados apontam também que muitos quadros seguem realizando isolamento em suas residências, que segundo o boletim de hoje somam 16.097 até o presente momento.

UTIs – Lista de espera e exames a fazer

O total de internados é de 1.092, entre as redes públicas e privadas de saúde apresentando queda devido a transferência de pacientes para outros estados e infelizmente também atribuídos as mortes.

Já os pacientes que seguem em tratamento só nas unidades hospitalares públicas são 380 em leitos clínicos, onde são tratados casos de menor gravidade e 417 em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), local em que estão os mais graves.

A lista de espera para os que aguardam por um leito de tratamento de covid no Estado, não para de subir, contribuindo ainda mais para o colapso já instalado na saúde. Central de Regulação de Campo Grande tem 104 pessoas em lista de espera, com 83 na Capital. Central de Regulação de Dourados apresenta significativa queda, com 17 pacientes à espera de um leito.

Encontram se aguardando para análise 3.855 amostras no Laboratório Central de Mato Grosso do Sul (Lacen) que está operando com sobrecarga. Segundo informações da SES, o processamento dos resultados leva em média 72 horas.

Essas e outras informações sobre a pandemia no Estado, podem ser acompanhadas através do site: https://www.coronavirus.ms.gov.br/

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.