23.3 C
Rio Branco
29 julho 2021 5:02 pm

No AC, vereador ameaça receber autoridades à bala em sua fazenda: “Vamos trocar tiros”

Parlamentar protestou contra invasão à fazenda de Jorge Moura e disse que, com ele, a situação seria diferente

POR TIÃO MAIA, PARA CONTILNET

A polêmica presença de homens do Exército armados de fuzis e metralhadoras como escolta de auditores do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento( Mapa) à Fazenda Esperança, em Capixaba, no início da semana, gerou pelo menos uma ameaça explícita contra as forças de segurança. A ameaça partiu do vereador de Acrelândia Marciano Bezerra da Silva ( MDB), também conhecido por ” Tirica”.

A fazenda pertence ao empresário e pecuarista Jorge Moura, que protestou contra o que considerou invasão à propriedade e causou indignação na sociedade. Políticos alinhados com o presidente da República, Jair Bolsonaro, como o senador Márcio Bittar ( MDB-AC) e o governador Gladson Cameli (PP) se solidarizaram com o pecuarista e protestaram contra o que consideraram excessos por parte das autoridades federais, incluindo o Exército.

Em discurso na Câmara, o vereador ” Tirica” foi incisivo: “se entrarem na minha propriedade sem mandado judicial, vão ser recebidos à bala.Vamos trocar tiros”.

Ao saber que a sessão na Câmara estava sendo transmitida via Facebook, o vereador acrescentou: ” eu só tenho medo de vir à tribuna porque eu falo demais. Vendo a sessão, pode ser que queiram ir lá minha fazenda e eu ter que dar tiro mesmo em bunda de gente”.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.