32.3 C
Rio Branco
22 julho, 2021 5:29 pm

Pedro Longo parabeniza secretarias e sindicatos por diálogos e acordos que encerraram greves no AC

Longo fez questão de afirmar que o governador Gladson Cameli está empenhado em oferecer as melhores condições de trabalho aos profissionais

POR ASCOM

O deputado Pedro Longo usou o pequeno expediente da sessão desta terça-feira (22), na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), para parabenizar a Secretaria Estadual de Saúde (Sesacre) e os sindicatos da área pelo acordo que chegaram sobre o fim da paralisação das atividades ambulatoriais no Estado.

A greve durou aproximadamente 72 horas. O secretário Alysson Bestene conseguiu dialogar com as categorias dos médicos, enfermeiros e demais técnicos e anunciou algumas medidas importantes que serão tomadas pelo Governo nos próximos meses, como o pagamento de insalubridade, realização de concurso público e correção de perdas inflacionárias.

“Quero aqui dizer que a atitude tomada pela Sesacre de dialogar com as categorias foi muito importante e merece todo reconhecimento, sobretudo nesse momento crítico que estamos vivendo. Ambas as partes optaram por um acordo pacífico e atendendo as necessidades dentro do que é possível e garantido pela lei. Precisamos desse diálogo”, explicou o líder do governo.

Longo fez questão de afirmar que o governador Gladson Cameli está empenhado em oferecer as melhores condições de trabalho aos profissionais da Saúde.

“A Saúde é um prioridade do governo Gladson, assim como o bem estar dos nossos profissionais que são tão importantes na manutenção desse Estado”, salientou.

O parlamentar destacou também o fim da greve da Educação, a partir de uma relação cordial criada entre a Secretaria Estadual de Educação, Esporte e Cultura (SEE) e o Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Acre (SEE).

“Chegamos também ao fim da greve da Educação, com anúncio de medidas importantes pelo Governo, observando os limites impostos pelos órgãos reguladores. Parabenizo aqui a secretária Socorro Neri pela condução desse processo”, finalizou.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.