32.3 C
Rio Branco
4 agosto 2021 3:50 pm

Perpétua sai em defesa dos indígenas vítimas de violência policial no Congresso Nacional

A parlamentar estava chegando na Câmara quando foi informada do tumulto, e seguiu para o manifesto em defesa da pauta indígena

POR ASCOM

A deputada federal Perpétua Almeida (PCdoB) esteve nesta terça-feira, 22, no protesto dos indígenas, no Congresso Nacional. Lideranças indígenas de diferentes etnias estão há duas semanas em Brasília para protestar contra o PL 490.

Porém, ao chegar na Câmara dos Deputados, nesta terça, os manifestantes indígenas foram recebidos de forma truculenta pela tropa de choque militar e policiais legislativos. Os policiais usaram bombas de gás lacrimogêneo e spray de pimenta contra os indígenas. O número de feridos não foi divulgado.

A parlamentar estava chegando na Câmara quando foi informada do tumulto, e seguiu para o manifesto em defesa da pauta indígena, ao lado da deputada federal Joênia Wapichana. Outros parlamentarem de oposição também participaram do ato.

Segundo a parlamentar, havia cerca de 10 policiais para um indígena, proporcionalmente.

“O PL 490 é um verdadeiro retrocesso e é contra isso que os povos indígenas vieram protestar na Câmara. Eles foram recebidos com gás, violência, balas de borracha e alguns foram levados para o pronto-socorro. E nós não podemos permitir isso. É a vida dos povos indígenas, é a terra deles que está em discussão. Queremos um tempo maior para abrir o debate com as lideranças indígenas”, disse Perpétua.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.