32.3 C
Rio Branco
4 agosto 2021 2:29 pm

Polícia Civil marca para 14 de julho reprodução simulada da morte da grávida Kathlen Romeu

Ela e o bebê foram mortos com um tiro de fuzil no tórax no dia 8 de junho durante um confronto entre a Polícia Militar e criminosos

POR BAND

A Polícia Civil do Rio de Janeiro marcou para o dia 14 de julho a reprodução simulada da morte da designer de interiores Kathlen Romeu, de 24 anos. A jovem estava grávida de quatro meses, quando foi atingida por um tiro de fuzil no tórax no dia 8 de junho, no Complexo do Lins, na zona norte do Rio.

A Polícia Militar afirma que foi recebida a tiros quando entrou na comunidade. Já a família de Kethlen diz que a PM já entrou atirando.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.