34.3 C
Rio Branco
24 julho, 2021 3:31 pm

Testemunha diz ter visto Lázaro e adolescente rondando região antes de chacina no DF

Caseiro lembrou que Lázaro e o menor se aproximaram em duas bicicletas, após passarem por uma cancela que protege a entrada do lote

POR METRÓPOLES

O caseiro de uma chácara na região do Incra 9, em Ceilândia, reconheceu Lázaro Barbosa de Sousa, 32 anos, como sendo o homem que visitou a propriedade dos Vidal dias antes de invadir a casa deles e matá-los no dia 9 de junho.

A testemunha ouvida pela Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) afirmou que Lázaro estava na companhia de um adolescente quando a dupla entrou, sem permissão, no lote da família Vidal. Eles chegaram em duas bicicletas e passaram pela cancela que protege a entrada do lote na tarde de 29 de maio.

De acordo com a testemunha, a cancela de madeira tem arames e cadeados, o que inviabiliza a entrada de veículos não autorizados. Ele disse, entretanto, que é possível uma pessoa passar por cima ou por baixo e puxar a bicicleta.

O caseiro contou à polícia que o homem mais velho – que depois reconheceria por fotografia como sendo Lázaro Barbosa – indagou se a chácara vendia queijos, pois ele teria interesse em comprar. “Em seguida, perguntou se havia mais terrenos descendo a estrada. Respondi que não, e ele foi embora”, relatou o depoente.

O garoto que estava com Lázaro tem apenas 16 anos, mas já havia sido apreendido tanto pela polícia goiana quanto pela do Distrito Federal por atos infracionais análogos a roubo e furto. O jovem mora em Águas Lindas de Goiás, no Entorno do DF.

Facilitadores presos

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.