30.3 C
Rio Branco
21 julho, 2021 4:24 pm

TJ mantém prisão de fiscal do Idaf; ele foi preso em investigação a esquema de transporte ilegal de gado

Preso desde maio, servidor é acusado de corrupção e outros crimes na chamada operação “Fake Bois”, da Polícia Civil

POR TIÃO MAIA, PARA CONTILNET

O técnico em defesa agropecuária e florestal do Idaf no Estado Domingos Menez de Lima vai continuar preso e recolhido ao sistema prisional do Iapem (Instituto de Administração penitenciária), acusado de supostos crimes de fraude à fiscalização tributária, corrupção ativa e passiva. Lavagem de dinheiro e de participação em organização criminosa. Decisão neste sentido foi tomada pela Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Acre (TJAC), segundo informa a edição eletrônica do Diário Oficial da corte nesta quarta-feira (30).

O fiscal foi preso na quarta fase da operação “Fake Bois”, da Polícia Civil do Acre, que investiga esquema que facilitava transporte ilegal de gado no Estado. O acusado está preso no presídio “Francisco D’Oliveira Conde” desde o último dia 18 de maio.

A decisão foi tomada pelo desembargador Pedro Ranzi, na condição de relator do caso. Ele considerou que o réu não faz jus à concessão de liberdade provisória, “uma vez que permanecem presentes os motivos que levaram à prisão preventiva, também não tendo sido demonstrada hipótese de doença grave”, como alegou a defesa.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.