27.3 C
Rio Branco
30 julho 2021 7:01 pm
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Treze suspeitos de envolvimento em onda de ataques são presos em operação no interior do AM

Oito ataques foram registrados em Careiro Castanho, durante uma onda de atentados que teve ocorrências também em Manaus e cidades do interior na última semana.

POR G1 AM

Treze pessoas foram presas durante a operação “Mão de Ferro”, em Careiro Castanho, no interior do Amazonas, nesta quarta-feira (16). Os presos são suspeitos de envolvimento em ataques contra prédios públicos na cidade.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP), Manaus e cidades do interior vivenciaram uma onda de atentados na última semana.

De acordo com a SSP, as investigações foram iniciadas pela Polícia Civil, logo após o registro de ataques aos prédios públicos em Careiro Castanho. No total, oito locais foram alvos de focos de incêndio, sendo duas escolas municipais, a secretaria de assistência social, secretaria de obras, prefeitura e centro de convivência do idoso.

De acordo com o delegado geral adjunto, Tarson Yuri, após a identificação dos suspeitos, a Justiça expediu os mandados de prisão por crimes de associação criminosa, tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo, receptação e homicídio, além de ordens de busca e apreensão.

Durante a operação, um suspeito foi morto pela polícia. Dentre as prisões, três ocorreram em flagrante por tráfico de drogas.

Os suspeitos foram autuados e conduzidos para a delegacia de polícia do município, segundo a SSP. Todos os presos já possuíam antecedentes criminais e as investigações mostram que eles integram a organização criminosa que orquestrou os ataques.

Ao final dos procedimentos, eles devem ser encaminhados para o sistema prisional.

A operação contou com a atuação de mais de 100 agentes da Polícia Militar, Polícia Civil, Departamento Integrado de Operações Aéreas (DIOA), Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Força Nacional.

Onda de ataques

Manaus viveu uma onda de violência entre o fim da noite de domingo (6) e a madrugada de segunda-feira (7). Além de Manaus, nove cidades do interior do Amazonas também registraram ações criminosas.

Tropas da Força Nacional que chegaram ao Amazonas para reforçar a segurança atuam desde o dia 10 de junho. As equipes estão trabalhando em barreiras nas ruas de Manaus.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.