30.3 C
Rio Branco
21 julho, 2021 2:21 pm
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Vídeo: só de cueca em cima de árvore ladrão de celular é preso

Após foi descoberto com mandado de prisão em aberto e uma corrida ficha policial.

POR LÚCIO BORGES ORTEGA - CORRESPONDENTE MS

CAMPO GRANDE (MS) – Ladrãozinho de celular, para roubar é rápido e na tentativa de despistar a polícia, quando fugia, tira roupa que poderia chamar atenção, mas acaba preso na noite deste domingo (27) em Campo Grande. A PM-MS (Polícia Militar de MS), pegou um jovem de 23 anos, em cima de uma árvore e vestindo apenas cueca, após ser denunciado, a principio, pelo roubado de aparelho celular de uma vítima de 25 anos.

Veja abaixo, o vídeo do momento de tragicomédia do ladrão na Capital, que após foi descoberto com mandado de prisão em aberto e uma corrida ficha policial.

Pelo fato de ontem, conforme registro policial, equipe do Batalhão de Choque foi acionada para atender um roubo a celular em via pública, na Rua da Praia, no Bairro Coophavila, onde a vítima do assalto disse que o autor saiu pulando o muro de várias casas. “Um cerco foi montado e durante as buscas, os policiais militares encontraram o ladrão em cima de uma árvore e apenas de cueca, tentando despistar os policiais”, registrou a PM.

Os policiais deram a ordem ao mesmo para que descesse da árvore e em seguida foi realizada sua identificação e descoberto que havia um mandado de prisão em seu desfavor, além de possuir uma vasta ficha criminal, por roubos, furtos, portar droga para consumo, receptação, dentre outras.

Confira vídeo:

Já havia receptador

Logo ao ser detido, o jovem acabou confessando o crime e relatou que após o delito passou o celular objeto subtraído a um adolescente de 16 anos, informando o endereço.

A equipe deslocou até a rua Ministro João Alberto, Condomínio Jardim Mato Grosso, que fica no Bairro jardim Batistão. Ao chegar no endereço, foi feito contato com a mãe do adolescente que franqueou a entrada dos policiais em sua residência, sendo encontrado no quarto dele dois aparelhos celulares, um deles da vítima. O adolescente não foi localizado.

O caso foi registrado na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac).

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.