20.3 C
Rio Branco
29 julho 2021 10:59 am

Cestas básicas que deveriam ser distribuídas a atingidos pela cheia do Iaco ainda estão guardadas

POR REDAÇÃO CONTILNET

Dezenas de cestas básicas adquiridas pela Prefeitura de Sena Madureira para serem entregues aos moradores afetados pela cheia do Rio Iaco em fevereiro deste ano ainda se encontram armazenadas em uma sala do prédio da Ufac local.

Na manhã desta quarta-feira (7), os vereadores José Costa (PTB) e Pantico (PP), receberam uma denúncia anônima dando conta de que os alimentos estariam se estragando. Os vereadores foram até o local na companhia do secretário municipal de Cidadania, Daniel Herculano. Em um vídeo gravado, José Costa afirma que, naquele momento, não foi localizada a chave da sala, sendo preciso acionar um chaveiro profissional para abrir a porta.

No local, os vereadores se depararam com dezenas de sacolões. “Averiguamos a denúncia e realmente as cestas básicas estão lá, porém, não estão vencidas”.

O secretário Daniel Herculano argumentou que as cestas básicas estão sendo entregues nos Bairros, sendo 50 por dia.

Vale lembrar que a Prefeitura de Sena Madureira recebeu do Governo Federal 2.308.752,54 (dois milhões, trezentos e oito mil, setecentos e cinquenta e dois reais e cinquenta e quatro centavos) para serem utilizados em prol de famílias afetadas pela enchente do rio Iaco, considerada uma das maiores dos últimos 20 anos. Essa verba estava disponível no começo do mês de março.

Até a presente data, a Prefeitura de Sena ainda não prestou contas à população sobre a aplicação do dinheiro.

O que os vereadores questionam é o fato de já ter se passado todos esses meses da alagação e ainda há cestas básicas armazenadas.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.