26.2 C
Rio Branco
28 julho 2021 9:18 pm

Colegas acreditam que motorista de app esteja em cativeiro na Cidade do Povo e temem por sua vida

POR REDAÇÃO CONTILNET

As buscas pelo motorista de aplicativo Thalys Bruno da Silva de Souza , de 32 anos, que desapareceu em Rio Branco há mais de 24 horas continuam tanto por parte das polícias, quanto por seus colegas de profissão.

Os amigos de Bruno acreditam que ele esteja em cativeiro na Cidade do Povo. Durante a noite e boa parte da madrugada, um grupo realizou buscas por informações do paradeiro e sem sucesso, fizeram um buzinaço pelas ruas da Cidade do Povo.

Lei também: Motoristas de app fecham Ponte Metálica e pedem celeridade na busca de colega desaparecido

“Não queremos saber do veículo, de nada. Só queremos o Thalys Bruno, tentamos sensibilizar lá para que deixem ele em algum lugar e vamos encontrá-lo. Decidimos fazer um buzinaço pro todas as ruas e nossa intenção é que onde ele estiver, ouça isso e saiba que não o abandonamos, estamos buscando por ele”, disse um dos seus colegas.

Um motorista que conhece Bruno e preferiu não se identificar diz que todas as pistas os levam a acreditar que Bruno esteja em uma das casas da Cidade do Povo, mas que o medo das pessoas faz com  que ninguém denuncia. Os colegas acreditam que cada segundo seja precioso e, apesar de acreditarem que Thalys esteja vivo, temem pela sua vida na mão de criminosos.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.