34.3 C
Rio Branco
28 setembro 2021 5:49 pm
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Como antigamente: Jorge Viana aposta no velho estilo petista e faz porta a porta em Rio Branco

POR THIAGO CABRAL, DO CONTILNET

Porta a porta

Já tem algum tempo que o ex-senador Jorge Viana (PT) vem fazendo o que sabe de melhor, conversar. Ao velho modo petista de fazer política, JV tem investido no porta a porta e na conversa de pé de ouvido. O ex-senador, que geralmente está acompanhado de alguns companheiros de partido, tem percorrido principalmente as periferias e os bairros mais populosos da Capital. E a recepção tem sido boa.

Vai funcionar?

Agora, se essa tática de chegar mais junto do povo vai funcionar como já funcionou lá atrás, é outra história. Com o advento da internet e das mídias sociais, somada à pandemia do novo coronavírus, o “fazer política” mudou muito de pouco tempo pra cá. O certo é que da forma que pode e do jeito que dá, Jorge Viana vem demarcando seu espaço.

Confiante

Durante uma entrevista à Rádio Integração FM, de Cruzeiro do Sul, o senador Sérgio Petecão (PSD) mostrou que está confiante para a disputa das eleições do ano que vem. O senador, que está em visita aos municípios do Juruá, cravou que será o novo governador do Acre a partir de 2023.

Salto alto

No meio político costumamos dizer que pra disputar uma eleição é preciso acreditar que vai competir pra ganhar. Se não acredita, é melhor nem disputar. No entanto, é preciso ter cuidado com a forma que se faz transparecer essa confiança. O principal perigo é o eleitorado e aliados confundirem confiança com salto alto. E isso nunca é bom.

Fundão

Ao falar sobre o Fundo Eleitoral, que pode chegar a quase R$ 6 bilhões nas eleições de 2022, o senador não se esquivou, disse que é a favor. Segundo Petecão, ele votou a favor porque “não é empresário e nem tem amigo rico” pra bancar sua campanha, por isso precisa do Fundão. Apesar de ser declaradamente a favor, o senador disse que achou de um “certo exagero” a quantia destinada para as eleições do ano que vem.

Paz e amor

Assim como o governador Gladson Cameli (Progressistas), que chegou a agradecer o empenho do senador Petecão pela liberação de emendas para o Acre, durante a visita que fez à Plácido de Castro no último domingo (25), Petecão também fez questão de dizer, durante a entrevista que deu à radio, que Cameli não é seu inimigo, e sim um adversário político. Apesar do clima cortês, sobrou espaço também para as já tradicionais alfinetadas. Pelo andar da carruagem, o clima paz e amor não deve durar muito tempo.

Efetivado

O até ontem secretário interino de Infraestrutura do Acre, Cirleudo Alencar, acordou nesta terça (27) como titular da pasta. Um mês depois de ter assumido a Seinfra interinamente, desde o dia 28 junho, Alencar parece ter caído nas graças do governador. Agora é tocar os projetos e fazer jus de estar ocupando o cargo máximo de uma das secretarias mais importantes do governo Gladson.

Contratação de médicos

A celeuma envolvendo o Projeto de Lei de autoria do deputado estadual Edvaldo Magalhães (PCdoB), que libera a contratação de médicos formados no exterior para atuaram no Acre enquanto durar a pandemia do novo coronavírus, parece estar chegando ao fim. Após o CRM entrar com um pedido de Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) contra o PL, o Ministério Público do Acre disse que o CRM não tem legitimidade para propor o ADI e pede a extinção da ação. Ganha o povo.

Pagamento na conta

Depois do “carão” que o governador deu no diretor da Casa Civil, Paulo Justino, sobre os dois meses de atraso do salário dos prestadores de serviços da empresa Maia e Pimentel, o problema já foi resolvido. A Sesacre emitiu uma nota nesta terça (27) informando que ainda ontem quitou os meses em atraso com a empresa e garantiu que até a próxima sexta-feira, dia 30 de julho, os recursos estarão disponíveis na conta da empresa.

Juruá

Candidatíssima ao Senado pelo MDB, a deputada federal Jéssica Sales fez de sua agenda de visitas ao Juruá um grande evento de lançamento de sua pré-candidatura. Por onde passou, foi recebida com festa e conversou com muita gente. A escolha de lançar a pré-candidatura pelo Juruá é estratégica, já que vem de lá o maior quinhão eleitoral da família Sales.

Tecnologia

Em visita ao estado da Paraíba, o prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom (Progressistas), se reuniu ontem com o governador do estado nordestino João Azevêdo (Cidadania). O objetivo do encontro, segundo Bocalom, foi trazer para Rio Branco uma plataforma que oferece uma série de serviços públicos aos contribuintes de forma digital. Na Paraíba, o “Governo Digital” oferece mais de 100 serviços. Toda iniciativa que vise diminuir as burocracias e agilizar os serviços públicos, é válida.

 

 

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.