17.3 C
Rio Branco
21 julho, 2021 7:50 am

Concurso Banco do Brasil é CLT ou estatutário? Entenda!

Concurso Banco do Brasil está com inscrições abertas para mais de 4 mil vagas em todo país, mas modelo de contrato gera dúvidas. Entenda!

POR FOLHA DIRIGIDA

As inscrições para o concurso Banco do Brasil 2021 seguem abertas. Mas muitos candidatos ainda questionam o modelo de contratação praticado pelo BB: o da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

Mas se a contratação é celetista, se trata de um concurso ou processo seletivo? E a estabilidade, não vai existir? Essas e outras questões, Folha Dirigida traz para você abaixo. Confira!

CLT ou estatutário?

concurso Banco do Brasil adota o regime celetista, que é praticado nas empresas públicas e sociedades de economia mista.

Desta forma, o empregado público deve seguir um contrato de trabalho e não uma lei ou estatuto, como ocorre no regime estatutário.

Estabilidade

Por esse motivo, o contratado não tem direito à estabilidade, no entanto, sua demissão também não ocorre com a mesma facilidade que nas empresas privadas.

Isso porque, normalmente, os desligamentos nas companhias públicas e sociedades de economia mista são motivados e feitos por meio de um processo administrativo.

Já os planos de demissão costumam ter como foco os profissionais com mais tempo de serviço e que estão aptos à aposentadoria.

Vantagens do CLT

Uma das vantagens do regime celetista é que o aumento salarial ocorre por meio de uma negociação entre representantes da empresa e de funcionários. Desta forma, o acréscimo não depende da aprovação de uma lei, como acontece com os servidores estatutários.

Além disso, os celetistas têm direito ao Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Isso significa que, caso o empregado seja demitido sem justa causa, ele receberá o valor acumulado com o acréscimo de 40% da multa.

Concurso ou processo seletivo?

O Banco do Brasil está com inscrições abertas para um concurso público e não processo seletivo. Isso porque a seleção é feita para o quadro de pessoal efetivo do BB e também conta com etapas de seleção, que incluem provas objetivas.

Desta forma, os aprovados irão integrar o quadro de empregados do banco, com todos os direitos comuns aos demais funcionários. O contrato de trabalho também não terá um tempo determinado, permitindo o crescimento profissional interno.

Inscrições seguem abertas até dia 28 de julho

As inscrições para o concurso Banco do Brasil já estão abertas e podem ser feitas até o dia 28 de julho, por meio do   site da Fundação Cesgranrio  , organizadora.

No ato da inscrição, o candidato deve optar pela região/cidade que deseja concorrer, assim como o perfil profissional escolhido. Para participar é preciso pagar uma taxa de R$38.

Ao todo, são oferecidas 4.480 vagas para a carreira de escriturário, de nível médio. No entanto, há oportunidades para dois perfis profissionais, sendo eles:

  • agente comercial (escriturário tradicional) – 4 mil vagas, sendo 2 mil imediatas e 2 mil para cadastro reserva; e
  • agente de tecnologia (escriturário voltado para a área de TI) – 480 vagas, sendo 240 imediatas e 240 para cadastro reserva.

Os aprovados terão ganhos de R$4.508,40, sendo R$3.022,37 de salário-base, R$831,16 de auxílio-alimentação/refeição e R$654,87 de cesta alimentação, na forma do Acordo Coletivo de Trabalho.

A jornada será de 30 horas, conforme o regime da Consolidação das Leis de Trabalho. Os contratados ainda terão auxílio-transporte e benefícios como:

  • participação nos lucros (geralmente paga duas vezes ao ano);
  • planos de saúde e odontológico;
  • previdência privada com participação do banco;
  • auxílio-creche/babá; e
  • auxílio ao filho com deficiência.

Saiba tudo sobre a seleção do BB

  • Órgão: Banco do Brasil
  • Cargos: escriturário
  • Vagas: 4.480 vagas
  • Requisito: nível médio
  • Remuneração: R$4.508,40
  • Banca: Fundação Cesgranrio
  • Inscrições: de 24 de junho a 28 de julho
  • Provas: 26 de setembro

Concurso Banco do Brasil terá provas em setembro

Os candidatos do concurso Banco do Brasil serão avaliados por meio de provas objetivas e uma redação. Os exames estão previstos para o dia 26 de setembro, com cinco horas de duração.

A prova objetiva contará com 70 questões, sendo 25 de Conhecimentos Básicos e 45 de Conhecimentos Específicos.

Agente comercial (escriturário tradicional)

Conhecimentos Básicos – 25 questões

  • Língua Portuguesa (dez questões com valor de 1,5 ponto cada);
  • Língua Inglesa (cinco questões com valor de um ponto cada);
  • Matemática (cinco questões com valor de 1,5 ponto cada); e
  • Atualidades do Mercado Financeiro (cinco questões com valor de um ponto cada).

 Conhecimentos Específicos – 45 questões

  • Matemática Financeira (cinco questões com valor de 1,5 ponto cada);
  • Conhecimentos Bancários (dez questões com valor de 1,5 ponto cada);
  • Conhecimentos de Informática (15 questões com valor de 1,5 ponto cada); e
  • Vendas e Negociação 15 questões com valor de 1,5 ponto cada).

Agente de tecnologia (escriturário com foco em TI)

Conhecimentos Básicos – 25 questões

  • Língua Portuguesa (dez questões com valor de 1,5 ponto cada);
  • Língua Inglesa (cinco questões com valor de um ponto cada);
  • Matemática (cinco questões com valor de 1,5 ponto cada); e
  • Atualidades do Mercado Financeiro (cinco questões com valor de um ponto cada).

 Conhecimentos Específicos – 45 questões

  • Probabilidade e Estatística (cinco questões com valor de 1,5 ponto cada);
  • Conhecimentos Bancários (cinco questões com valor de 1,5 ponto cada); e
  • Tecnologia da Informação (35 questões com valor de 1,5 ponto cada).

Após a primeira etapa, os candidatos serão classificados por microrregião/macrorregião/UF e de acordo com o total de pontos obtidos.

Serão eliminados aqueles que obtiverem aproveitamento inferior a 50% no conjunto das provas objetivas, em Conhecimentos Básicos ou na parte Específica.

Além disso, será eliminado o candidato com nota zero em qualquer uma das disciplinas. Somente será corrigida a redação dos aprovados, na objetiva, em uma posição que não ultrapasse o dobro do somatório do total de número de vagas e do número de cadastro de reserva.

redação, no modelo de um texto dissertativo-argumentativo, terá caráter eliminatório. A avaliação terá uma pontuação igual a 100, sendo necessário obter 70 pontos ou mais para ser aprovado.

Após a homologação do concurso, a seleção ficará válida por um ano, prorrogável por igual período. Os selecionados serão contratados, durante esse prazo.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.