18.3 C
Rio Branco
1 agosto 2021 12:24 am

Falta de vacinas contra covid-19 no AC provocou queda de mais de 60% no processo de imunização

A vacinação para a primeira dose ficou suspensa por quatro dias na capital acreana

POR RENATO MENEZES, DO CONTILNET

O público em geral a partir dos 25 anos de idade já pode se dirigir aos pontos de vacinação de Rio Branco para receber a primeira dose de imunização contra a Covid-19, segundo informações divulgadas pela Prefeitura da capital na última sexta-feira (16). Com isto, a tendência é que o número de doses aplicadas aumente nos próximos relatórios. No entanto, os dados emitidos apresentaram uma queda se comparado com os indicativos da semana anterior.

De acordo com informações fornecidas pelo banco de dados do Programa Nacional de Imunizações (PNI) ao Portal da Transparência do Acre, foram aplicadas 432.796 doses até a última atualização do sistema, feito neste sábado (17). Este resultado é calculado através da soma do quantitativo da primeira dose, que equivale a 332.776, da segunda, de 102.187, e da dose única, com 7.833 imunizantes aplicados.

Durante o período de 09 a 15 de julho, foram 11.545 pessoas imunizadas, o que representa uma queda de 67% em comparação com a semana anterior, que aplicou 38.013 doses. Contudo, é importante ressaltar que esta queda ocorreu por falta de imunizante no estado. Por conta disto, a vacinação para a primeira dose ficou suspensa por quatro dias, e foi retomada neste sábado em decorrência da chegada de 15,7 mil doses, com a destinação de 8 mil destas para a capital.

Apesar de a vacinação ter sido interrompida pela sexta vez, os dados divulgados pela Secretaria de Saúde do Acre (Sesacre), através dos boletins de infecção e morte por Covid entre o período de 09 a 15 de julho, apresentam queda. Durante estes dias, foram 225 infecções registradas e 13 mortes. Na semana anterior, foram 794 registros e 26 óbitos.

Além disto, o banco de dados também informa que, dos 106 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), 18,87% estão ocupados. Já dos 253 leitos clínicos existentes, 11,86% destes estão cedidos aos pacientes. Contudo, isto não indica relaxamento das medidas restritivas, visto que a vacinação ainda está caminhando.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.