34.3 C
Rio Branco
24 setembro 2021 3:28 pm

Governador Gladson Cameli recebe presidente do BNDES no Juruá

POR ASCOM

Última atualização em 27/07/2021 16:46

O governador Gladson Cameli convidou o presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Gustavo Montezano, a conhecer as potencialidades econômicas do Acre. Nesta segunda, 26, a visita se concretizou com a chegada de Montezano e sua equipe de diretores a Cruzeiro do Sul. Eles permanecerão por cinco dias no estado, visitando diversas regiões.

Durante a reunião da equipe do BNDES com parte do secretariado do governo, Gladson Cameli ressaltou a importância da visita. “Eu não tinha visto ainda uma ação do BNDES para conhecer de perto a nossa realidade e conferir onde os recursos estão sendo aplicados. A presença física da equipe do BNDES é um orgulho para nós, acreanos. Falar da Amazônia é fácil, mas conhecer de perto é diferente”, afirmou o governador.

Gladson ressaltou, ainda, a dinâmica positiva da atual gestão do Banco. “Desde que fui realinhar as dívidas do estado com o BNDES, tive uma impressão muito positiva do presidente Montezano. Burocracia é o nosso principal problema e a atual gestão está facilitando esse aspecto. Se não for o BNDES, fica difícil a gente sonhar juntos. O que nós queremos é criar oportunidades para a nossa população, e é isso que essa equipe veio trazer, oportunidades”, ressaltou.

O governador entende que a visita é estratégica. “Agradeço por virem conhecer o potencial do estado. Estamos estrategicamente bem posicionados na América do Sul e o que eu puder fazer de parcerias público-privadas para gerar empregos aos acreanos eu farei”, afirmou.

O presidente do BNDES agradeceu a recepção e resumiu o objetivo da viagem ao Acre.”É um prazer ter aceitado esse convite do governador. Viemos conhecer de perto as diferentes realidades da Amazônia. O desconhecimento sobre esta região tem que ser vencido porque ela tem um valor estratégico fundamental para todo o país”, disse Montezano.

Ele destacou ainda que o BNDES tem como mudar realidades sociais por meio de investimentos em financiamentos. “O poder que o banco tem para mudar a realidade da Amazônia é imenso. O desenvolvimento da Região Norte está com o seu potencial reprimido. O nosso objetivo é reconhecer oportunidades de desenvolvimento. O banco tem capacidade de fazer o reconhecimento dessas potencialidades. É importante conhecer o cliente Acre e ajudar a construir essa parceria pública. Nos próximos anos, vamos ajudar o Brasil inteiro”, salientou o presidente do BNDES.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.