28.3 C
Rio Branco
14 setembro 2021 11:59 pm

Há 20 anos, o Vasco da Gama conquistava o o título de tricampeão do Campeonato Acreano

POR MANOEL FAÇANHA

Última atualização em 28/07/2021 20:46

Há exatos 20 anos, o Vasco da Gama conquistava o título de tricampeão acreano (1965/1999/2001). A proeza ocorreu diante do Rio Branco, em jogo realizado dia 28 de julho de 2001, no Stadium José de Melo, com público 2.030 pagantes. O Vasco da Gama entrou para o segundo e decisivo jogo pressionado a vencer a partida para provocar uma prorrogação, após derrota no primeiro jogo das finais por 2 a 0.

Na véspera do jogo decisivo, o técnico vascaíno Marcelo Altino, após iniciar a temporada no Rio Branco e acumular derrotas e a demissão do comando do time estrelado, fez um trabalho emocional com os jogadores do Almirante. O resultado foi um Vasco da Gama taticamente bem postado e aguerrido e vencendo a partida no tempo normal por 1 a 0, gol de Evilásio. Na prorrogação, aos 3 minutos do primeiro tempo, o oportunista Índio fez o gol do título.

 

VEJA A CAMPANHA

13.05 – Independência 2 x 2 Vasco

20.05 – Andirá 0 x 3 Vasco

27.05 – Vasco 1 x 4 Rio Branco

02.06 – Adesg 2 x 1 Vasco

10.06 – Vasco 5 x 1 Atlético-AC

16.06 – Vasco 1 x 1 Andirá

24.06 – Atlético-AC 0 x 6 Vasco

01.07 – Vasco 2 x 0 Rio Branco

07.07 – Vasco 2 x 1 Adesg

15.07 – Vasco 3 x 1 Andirá

21.07 – Rio Branco 2 x 0 Vasco

28.07 – Vasco 1 x 0 Rio Branco

Veja tudo da final na página do Jornal O Rio Branco, de 29 de julho de 2001, assinada pelo jornalista esportivo Manoel Façanha. Também confira fotos inédita da temporada vitoriosa da equipe Cruz-de-Malta.

 

Fac símile do Jornal O Rio Branco de 28 de julho de 2001
Vasco da Gama-2001. Em pé, da esquerda para a direita: Faísca, Ferreira, Índio, Ciro, Gato, Cleiton, Marco Antônio “Tucho”, Evilásio, Paulinho Bolívia e Josué. Agachados: Adélio, Airton, Marquinhos Calafate, Mamude, Dário, Paquito, Siqueira, Jean e Kaiquê. Foto/Acervo Manoel Façanha.
O atacante Evilásio durante treino do Vasco da Gama na temporada 2001. Foto/Acervo Manoel Façanha.
O atacante Índio, autor do gol do título vascaíno, durante treino na Fazendinha. Feijão (4) observa o artilheiro batendo na bola. Foto/Manoel Façanha.
O técnico Gilmar Sales comandou o Vasco da Gama durante os primeiros jogos do Campeonato Acreano-2001. Foto/Manoel Façanha.
O Vasco da Gama, de Paulinho e Celso, venceu fora de casa o time da Adesg, do atacante Genival, por 2 a 1, em jogo realizado pela  temporada 2001. Foto/Manoel Façanha.
Na temporada 2001, o então diretor de futebol vascaíno Raimundo Ferreira comemorou aniversário na beira do gramado da Fazendinha. O evento foi prestigiado pelo empresário Adem Araújo.  Na imagem aparecem o técnico Marcelo Altino (E), o presidente vascaíno Raimundo e o mascote do clube,  Léo Casas, os dois últimos in-memória. Foto/Manoel Façanha
Treino físico descontraído do Vasco da Gama. Da esquerda para a direita: Siqueira, Paquito, Josué, Rodilson e Léo. Foto/Manoel Façanha.
O maestro vascaíno Ciro comandou o meio-campo vascaíno na temporada 2001. Foto/Manoel Façanha.
O técnico vascaíno Marcelo Altino arma a estratégica para vencer o Rio Branco na segunda final do Campeonato Acreano-2001. Foto/Manoel Façanha.
O zagueiro baiano Marco Antônio “Tucho” era o único jogador importado na conquista do Vasco da Gama na temporada 2001. Foto/Manoel Façanha.
No returno do estadual de 2001, o Vasco da Gama recebeu a Adesg e venceu por 2 a 1, em jogo realizado no Stadium José de Melo. Na imagem, o lateral Paquito é pressionado pelo atacante Neib e observado por Siqueira (ao fundo). Foto/Manoel Façanha.
Na temporada 2001, o volante vascaíno Mamud disputa lance com o estrelado Dirceu no primeiro jogo das finais. Foto/Manoel Façanha.
Com bandeiras e charanga, a torcida vascaína faz a festa do título de 2001 nas arquibancadas do Stadium José de Melo. Foto/Manoel Façanha
Com a bandeira vascaína na mão direita, o torcedor vascaíno Idalécio, de joelho, concede entrevista para o cronista esportivo Chico Pontes. Foto/Manoel Façanha
Muita comemoração no título do Vasco da Gama, após a segunda vitória no dia sobre o Rio Branco. Na imagem, o goleiro Faísca concede entrevista para o repórter Paulo Henrique (Rádio Difusora Acreana). Foto/Manoel Façanha.
Vasco da Gama – 2001. Em pé, da esquerda para a direita: Serginho, Tucho, J. Maria, Feijão, Evilásio, Ciro, Léo, Josué, Gato, Ferreira e Faísca. Sentados: Marcelo Altino, Raimundinho, Raimundo Ferreira, Dário, Mamude, Siqueira, Paulinho, Cleiton, Marquinho Calafate e Adelcio. Fila da frente: Selcimar Maciel, Marquinho Paquito, Gean, Celso, Léo e Lobinho. Foto/Manoel Façanha.
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.