35.3 C
Rio Branco
27 setembro 2021 2:23 pm

Judô brasileiro sofre 2 derrotas e deixa Tóquio sem medalha na briga por equipes

A seleção brasileira de judô se despediu dos Jogos Olímpicos de Tóquio sem a terceira sonhada medalha

POR METRÓPOLES

Última atualização em 31/07/2021 10:51

A seleção brasileira de judô se despediu dos Jogos Olímpicos de Tóquio sem a terceira sonhada medalha. Na madrugada deste sábado (horário de Brasília) o Brasil caiu para a Holanda nas quartas de final e, na repescagem, que valia o prosseguimento na busca pelo bronze, foi superado por Israel no Nippon Budokan, templo do judô. As lutas por equipes mistas são novidade no programa olímpico.

Na repescagem, o Brasil fez modificações na escalação em relação aos duelos das quartas. Daniel Cargnin (até 73 Kg), Rafael Macedo (até 90 Kg) e Rafael Silva (acima de 90 Kg) deram lugar a Eduardo Barbosa, Eduardo Yudy Santos e Rafael Buzacarini, respectivamente, mas a estratégia não deu resultado e os israelenses triunfaram por 4 a 2.

“Amargo pra caramba. Muito ruim perder. Nosso time treinou muito, cada um se esforçou muito e tenho certeza que todos deixaram tudo no tatame”, lamentou, chorando, Mayra Aguiar. “Mas tem muita coisa pela frente. Nosso time é muito forte”, prosseguiu a judoca, que havia garantido que fará o novo ciclo olímpico para estar em Paris-2024.

Medalha de bronze nessa mesma modalidade por equipes no último mundial e considerado um dos times mais fortes, o Brasil, portanto, deixa o Japão sem subir ao pódio. A participação na Olimpíada foi encerrada com dois bronzes, conquistados por Daniel e Cargnin e Mayra Aguiar.

Leia a matéria completa em METRÓPOLES, clique AQUI!

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.