20.3 C
Rio Branco
11 setembro 2021 1:33 am
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Menino de 12 anos desaparece após troca de tiros

Moradores informaram que criança caiu no rio para tentar fugir de tiros disparados pela polícia. Um homem foi preso na ação

POR Gabriel Duarte — ge/de Belo Horizonte

Um menino de 12 anos desapareceu no rio, na tarde desta terça-feira (27), durante uma troca de tiros no distrito de Cacau Pirêra, em Iranduba (AM).

Moradores informaram que os policiais entraram na casa da criança efetuando disparos. O padrasto dele foi preso.

De acordo com vizinhos, os policiais chegaram na comunidade em quatro viaturas, e entraram na casa efetuando disparos. Eles acreditam que a casa foi abordada por engano.

Durante a abordagem, a cachorra da família foi morta a tiros e, assustado com os disparos, o menino caiu no rio. Não se sabe se ele foi baleado ou não.

“Todo mundo conhece ele, ele é uma boa criança, jogador de futebol. Ele não fazia mal a ninguém”, disse a dona de casa Edileuza Pereira da Silva, vizinha da família.

Vizinhos conheciam criança desaparecida, e dizem que menino tinha sonho de ser jogador de futebol. — Foto: Rede Amazônica
Vizinhos conheciam criança desaparecida, e dizem que menino tinha sonho de ser jogador de futebol. — Foto: Rede Amazônica

O Corpo de Bombeiros informou que enviou equipes de mergulhadores ao local, para iniciarem as buscas pela criança. O padrasto da criança foi levado preso pela polícia.

Por meio de nota, a Polícia Civil do Amazonas (PC-AM) informou que a ação teve o objetivo de prender indivíduos envolvidos em crimes praticados na localidade.

“Durante a ação, houve troca de tiros entre a polícia e os indivíduos, e um homem, de identidade e idade ainda não revelados, foi preso em flagrante com uma arma de fogo”, informou a nota.

Segundo a PC, o caso está sendo investigado e mais informações serão repassadas assim que possível.

Tentativa de chacina na comunidade

Dois homens de 27 e 23 anos morreram na noite desta segunda-feira (26), após um ataque criminoso a uma lanchonete, no distrito de Cacau Pirêra. Outras quatro pessoas foram baleadas, incluindo um adolescente de 13 anos.

Segundo a Polícia Militar, dois criminosos armados em um carro chegaram à lanchonete, no bairro Cidade Nova, e atiraram contra as pessoas que estavam no estabelecimento.

Para a polícia, o crime possui características de execução e a principal linha de investigação é a disputa entre facções criminosas devido ao tráfico de drogas. O caso é investigado.

*Com colaboração de Adauto Silva, da Rede Amazônica.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.