21.3 C
Rio Branco
25 julho, 2021 3:39 am

Operação Relâmpago reforça policiamento em áreas vulneráveis de todo o Acre

POR REDAÇÃO CONTILNET

As forças de segurança do Estado deram início nesta sexta-feira (9), em Rio Branco, à “Operação Relâmpago”. Policiais militares do 2° Batalhão contarão com apoio do Batalhão de Operações Especiais (Bope).

Segundo o governador Gladson Cameli, a operação, que também acontece nas 1ª e 2ª regionais, na Capital, e no interior do estado, busca “reforçar a presença policial e melhorar a sensação de segurança nos locais onde há maior incidência de crimes”.

Operação Relâmpago ocorre simultaneamente em todo o Acre/Foto: Secom

A operação faz parte de uma série de intervenções orquestradas pela Secretaria de Estado da Justiça e Segurança Pública (Sejusp), previstas para acontecer pelos próximos 30 dias, com foco na redução dos índices de mortes violentas e crimes patrimoniais.

“Os bairros que compreendem a região do segundo distrito, área mais sensível de Rio Branco, foram os pontos que mais receberam efetivo policial, com o reforço de batalhões especializados para a realização de abordagens, bloqueios e fiscalizações”, destacou Gladson, na manha deste sábado (10), ao reconhecer o trabalho das forças de segurança do Acre.

Forças de seguranças atuam na Operação Relâmpago/foto Secom

A operação ocorre em todos os municípios do Acre simultaneamente. Cada batalhão do Acre, destaca suas guarnições para a realização de abordagens em pontos estratégicos que duram no máximo 30 minutos e em seguida já partem para outro local, por esse motivo se chama Operação Relâmpago.
Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.