20.3 C
Rio Branco
22 julho, 2021 11:54 pm
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Polícia Civil faz operação para prender suspeito de latrocínio; vítima foi morta ao sair para arrumar mudança

Vítima de 29 anos foi morta em abril, após após sair de casa durante a noite, acompanhada de um homem

POR G1

A Delegacia Especializada na Repressão a Extorsões Roubos e Furtos (DERF) deflagrou a operação Mendax, nesta quinta-feira (8), para prender um suspeito de latrocínio em Ji-Paraná (RO).

Segundo investigação da Polícia Civil, a vítima de 29 anos foi morta em abril, após após sair de casa durante a noite, acompanhada de um homem, para organizar sua mudança até uma chácara na zona rural de Ji-Paraná.

Desde então o morador não foi mais visto e, no dia 13 de abril, seu corpo foi achado com lesões. A suspeita é que a vítima foi morta em um latrocínio (roubo seguido de morte).

Durante a manhã, policiais cumpriram mandados busca e apreensão e prisão temporária para tentar prender o assassino do morador de Ji-Paraná. “O objetivo da operação Mendax é coletar elementos de prova para confirmação de materialidade e autoria do crime investigado”, diz a Civil.

Cerca de 25 policiais participaram da ação, além do Corpo de Bombeiros.

Mendax

O nome da operação faz referência ao termo mentira, do latim. Isso porque, segundo a polícia, as circunstâncias do fato são construídas a partir de declarações mentirosas, especialmente de investigados.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.