22.3 C
Rio Branco
27 julho, 2021 1:30 am

Quem é quem nas denúncias sobre superfaturamento de vacinas

Conheça as empresas e os personagens citados nas denúncias de irregularidades em compras de vacinas da Covid-19

POR CNN BRASIL

Figura praticamente anônima na política nacional até aquele momento, o deputado Luis Miranda (DEM-DF) depôs na sexta-feira (25) na CPI da Pandemia e acabou por reverter a trajetória até então descendente da comissão.

A denúncia de Miranda sobre uma suposta inação do presidente Jair Bolsonaro diante de um possível esquema de corrupção na compra de doses da Covaxin dominou a pauta política durante a semana passada e nesta foi acrescida de outra denúncia.

O representante de vendas da Davati Medical Supply, Luiz Paulo Dominghetti, afirmou em entrevista publicada pela “Folha de S. Paulo” na terça-feira (29) ter recebido pedido de propina do diretor de logística do Ministério da Saúde, Roberto Dias, durante as negociações da vacina da AstraZeneca. Dias foi exonerado na mesma noite.

Também um outro suposto esquema está na mira da CPI e envolve compras de vacinas chinesas do laboratório CanSino. A compra de mais de R$ 5 bilhões, com as doses mais caras a serem pagas pelo governo brasileiro (US$ 17 por dose), já estava assinada desde o dia 15 de junho, mas as denúncias relacionadas a outros laboratórios e seus representantes fizeram com que o laboratório chinês cancelasse suas representações no Brasil.

Leia mais em CNN Brasil, clicando AQUI.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.