32.3 C
Rio Branco
22 julho, 2021 3:42 pm

Senadora Mailza demite pastor acusado de assédio sexual

POR TIÃO MAIA, PARA CONTILNET

A senadora Mailza Gomes (PP-AC) exonerou, nesta quinta-feira (22), o pastor José Ildson Viana da função de Assessor Parlamentar de seu gabinete, no qual recebia um salário superior a R$ 14 mil mensais. Nem a senadora, nem seus assessores, quiseram comentar o assunto oficialmente, mas a exoneração já está publicada no boletim de Recursos Humanos do Senado.

José Ildson Viana é médico e advogado e acumulava a função de assessor no Senado com a função de diretor da Santa Casa de Misericórdia do Acre, em Rio Branco. Nos últimos dias passou a ser acusado, na Delegacia de Proteção à Mulher (Deam), de assédio sexual contra mulheres em busca de empregos em vagas oferecidas pela Santa Casa na qual era ele o profissional a dar a ultima palavra sobre a contratação ou não das candidatas às vagas na casa de saúde. O hospital vem oferecendo pelo menos 150 vagas em diversas áreas de saúde.

José Ildson Viana Ildson, que já foi inclusive candidato a vice-governador na chapa do então candidato ao Governo Tião Bocalom, em 2010, nega as acusações e disse que está sendo vítima de uma campanha de difamação contra a qual ele vai tomar providências. O diretor da Santa Casa, o ex-deputado José Alex, disse que não afastaria o profissional que iria esperar pelas investigações a cargo da Polícia Civil para então tomar uma decisão.

A senadora Mailza Gomes, no entanto, não quis esperar. Um de seus assessores, indagado sobre a exoneração, disse: “É fato”. Mas se absteve de fazer outros comentários.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.