29.3 C
Rio Branco
16 setembro 2021 7:29 pm

Sesacre esclarece pagamento de terceirizados e explica motivo do atraso

POR REDAÇÃO CONTILNET

Última atualização em 27/07/2021 18:17

Após repercussão de um vídeo onde o governador Gladson Cameli, visivelmente irritado, cobra de seus secretários o pagamento de funcionários terceirizados da empresa Maia & Pimentel, que presta serviços para a Secretária de Estado de Saúde (Sesacre), a secretária Muana Araújo enviou uma nota à imprensa onde explica que o órgão quitou na segunda-feira (26) os dois meses que estavam em atraso junto a empresa.

Ela explica que o atraso ocorreu porque o Estado requer o provisionamento de aproxidamente 30% dos recursos repassamos às empresas para assegurar o direito do trabalhador de receber férias, 13º salário e rescisões das empresas contratantes.

A Sesacre justifica que “a “conta vinculada” “criada para reserva dos 30% (aproximadamente) de verbas trabalhistas, não havia sido aberta no Banco do Brasil, e agora há uma reorganização nos contratos dessas prestadoras de serviços, a fim de adequá-los, para não haver atraso no repasse dos recursos”, dia nota.

A secretária do que as adequações estão sendo feitas e “a instituição bancária informou que dentro de 24 horas as contas serão abertas e assim, o Estado fará o repasse do recurso em atraso”.

Além disso, diz nota, a empresa Maia & Pimentel possui em seu desfavor ações trabalhistas que determinam o pagamento de 20% dos valores que tem a receber dos contratos firmados com a Estado, sejam pagos em juízo.

A Sesacre garante que até a próxima sexta-feira (30) os recursos estarão disponíveis.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.