29.3 C
Rio Branco
23 julho, 2021 12:24 pm

TJAC nega pedido de Mazinho para manter máquinário em Sena e prefeito chama Gladson de ‘ditadorzinho’

"Esse ditadorzinho que elegemos não tem noção do que está fazendo, levando o que ele não deu. Já pedi desculpas à população por ter apoiado esse homem", disse

POR EVERTON DAMASCENO, DO CONTILNET

O recurso impetrado no Tribunal de Justiça do Acre (TJAC) pelo prefeito de Sena Madureira, Mazinho Serafim (MDB), contra o Governo do Estado, em que o emedebista pede a permanência das máquinas pesadas de manutenção dos ramais no município, foi negado nesta quinta-feira (1).

Veja ainda: Em áudio, Servidor diz que Mazinho escondeu maquinário da prefeitura para prejudicar Gladson

Os magistrados concordaram que as máquinas devem ser entregues ao Executivo, como foi decidido anteriormente pela juíza da Comarca de Sena Madureira.

Mazinho não ficou satisfeito com a primeira decisão e levou o pedido ao TJAC, na intenção de manter o maquinário na cidade, mesmo o Governo exigindo os equipamentos para reforma.

“Os desembargadores deram causa ganha para o Estado, mesmo reconhecendo que retirar as máquinas da cidade causa um dano absurdo à população. Vamos entregar as máquinas”, disse o chefe do executivo municipal.

Serafim disse que vai colocar os veículos em frente à sede Secretaria de Estado de Produção e Agronegócio (Sepa), em Sena, para que os moradores vejam.

“Vou colocar todas elas lá. Podem vir buscar. Mas deixarei lá para que a população veja. Esse ditadorzinho que elegemos não tem noção do que está fazendo, levando o que ele não deu. Já pedi desculpas à população por ter apoiado esse homem”, finalizou o político.

Na segunda-feira (28), em forma de protesto contra o governo, Mazinho levou ao Arena da Floresta um grupo com pelo menos 200 produtores rurais para o evento de entrega de 90 máquinas pesadas ao Estado, a partir de recurso federal. Lá, os manifestantes vestidos de branco e com cartazes gritavam, insistentemente: “Queremos máquinas”.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.