20.3 C
Rio Branco
5 agosto 2021 3:09 am
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Vídeo mostra ‘vovó aventureira’, filho e neto em pescaria no maior rio do Pantanal

Dona Verônica, de 88 anos, pegou um dourado com cerca de 6kg e depois o soltou no rio Paraguai, em Corumbá (MS)

POR G1

“Vovó aventureira”: Verônica José de Lima, de 88 anos, faz sucesso na família quando o assunto é a pescaria. Acompanhada do filho e do neto, a idosa fisgou um dourado, no meio do maior rio que corta o Pantanal, o Paraguai. (Assista o vídeo clicando aqui).

O passeio que começou no início da tarde da último sábado (17) rendeu boas risadas e fortaleceu o companheirismo da família. O neto dela, Deyvid Rizzo, contou que a avó tem muito medo de andar de barco, mas depois que conseguiu pegar o peixe, não queria ir mais embora.

“Ela sempre foi apaixonada por pescaria. Nesse dia ela ficou meio receosa de entrar na embarcação, mas depois que demos todo o suporte, ela aproveitou o momento”, explicou .

Ao G1, Dona Verônica contou que é apaixonada por pescaria, e que o peixe que pegou, com aproximadamente 6Kg, foi um dos maiores que já fisgou até então: “Desse tamanho eu só consegui no pesque e pague, mas minha paixão mesmo, é pescar nesse Pantanal”, reforçou.

No dia da pescaria, Rizzo conta que chegou a combinar com dona Verônica que eles iriam até um barranco próximo ao porto de Corumbá (MS), mas ao chegar no local, apresentou a avó o verdadeiro plano traçado com o pai, de embarcar rumo ao meio do leito.

“Minha vó sempre teve muito medo de andar de barco. Quando chegamos no local combinado e ela viu que não era nada daquilo que havíamos dito, ela encarou o desafio e nos acompanhou rio a dentro”, relembra.

Conforme o neto, Verônica após pegar o peixe, que foi solto na sequência, até brincou que tinha perdido o medo de navegar:

“Ela gosta tanto de pesca que deixaria o crochê de lado por uma vara de pesca. Ela se sente tão bem pescando que deixa a gente muito feliz”, ressalta.

Segundo Rizzo, que é pescador esportista e o pai, profissional, informou que todo o passeio foi feito com muita segurança e que todos os 5 peixes fisgados, foram soltos na sequência.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.