41.7 C
Rio Branco
21 setembro 2021 10:56 am

Após denúncia do ContilNet sobre sumiço de cadáver, secretário de Rio Branco viaja para João Pessoa

Denunciado à polícia, Joabe Lira passará quatro dias em João Pessoa em “visita técnica”, segundo decreto de Bocalom

POR TIÃO MAIA, PARA CONTILNET

Última atualização em 27/08/2021 09:17

O prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom (Progressistas), pode ter adotado, em relação ao secretário Joabe Lira de Queiroz, da Secretaria Municipal de Zeladoria da Cidade (SMZC), a mesma estratégia utilizada no último mês, quando o secretário municipal de Saúde, Frank Lima, foi acusado de assédio sexual contra servidores do órgão. Assim como no caso de Frank, que foi deslocado para Brasília para sair do fogo cruzado das denúncias, o secretário Joabe Lira será enviado para João Pessoa (PB).

VEJA A REPORTAGEM: Acreana relata suposto desaparecimento de restos mortais de irmã em cemitério da Capital

Decreto neste sentido está publicado na seção dos atos da Prefeitura de Rio Branco no Diário Oficial do Estado do Estado (DOE) na edição desta sexta-feira (27). De acordo com o decreto, Joabe Lira vai para João Pessoa para “realizar visita técnica na Autarquia Municipal Especial de Limpeza Urbana – EMLUR, objetivando a troca de experiência no que ser refere ao processo de execução da coleta e a destinação do lixo”.

A viagem seria normal se não houvesse o precedente Frank Lima e se Joabe Lira não estivesse denunciado em delegacia de policia como responsável pela direção dos cemitérios da cidade, incluindo o São João batista, o mais antigo da Capital, do qual havia desaparecido o cadáver de uma criança sepultada em 1983. O caso foi denunciado à polícia e o secretário deve ser intimado para esclarecer o desaparecimento.

O caso foi denunciado pela família de Nathália Regina Carvalho, que descobriu que a irmã, Regina Priscila Carvalho da Silva, que morreu após cinco dias de nascida em 1983, não estava mais enterrada em lote adquirido no cemitério São João Batista, em Rio Branco (AC). A terra foi adquirida pela família, mas acabou sendo supostamente vendida para outra família. Já os restos mortais da recém-nascida, desapareceram.

Para sair da cidade, além de ter as passagens custeadas pelo município, o secretário terá direito a 4 ½ diárias. Enquanto durar a ausência do secretário, responderá pela Zeladoria da Cidade o chefe de gabinete do prefeito, Valtim José da Silva.

A íntegra do decreto do prefeito Tião Bocalom:

PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO BRANCO – PMRB
GABINETE DO PREFEITO
PORTARIA Nº 115 /2021

O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE RIO BRANCO, CAPITAL DO ESTADO DO ACRE, NO USO DE SUAS ATRIBUIÇÕES LEGAIS,

Considerando o expediente Ofício nº 1491/2021, de 23 de agosto de 2021, Secretaria Municipal de Zeladoria da Cidade – SMZC.

R E S O L V E:

Art. 1º Autorizar o deslocamento do Secretário Municipal de Zeladoria da Cidade, Joabe Lira de Queiroz, no período de 24/08/2021 a 28/08/2021, para realizar visita técnica na Autarquia Municipal Especial de Limpeza Urbana – EMLUR, objetivando a troca de experiência no que ser refere ao processo de execução da coleta e a destinação do lixo, na cidade de João pessoa – PE, concedendo-lhe, passagens aéreas no trecho Rio Branco/João Pessoa-PE/Rio Branco, e 4½ (quatro e meia) diárias, nos termos do Decreto nº 1.275/2015.

Art. 2° Designar, Valtim José da Silva, Chefe de Gabinete do Prefeito, para responder, cumulativamente, pela Secretaria Municipal de Zeladoria da Cidade – SMZC, enquanto durar a ausência do titular do cargo.

Art. 3º Esta Portaria entra em vigor data de sua assinatura, com efeitos retroativos a 24 de agosto de 2021.

Registre-se,
Publique-se,
Cumpra-se.
GABINETE DO PREFEITO DE RIO BRANCO

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.