28.3 C
Rio Branco
1 setembro 2021 9:18 pm

Cabo da PM desacata Tenente e acaba presa no Comando Geral da Polícia Militar do Acre

POR REDAÇÃO CONTILNET

A polêmica cabo da Polícia Militar do Estado do Acre, identificada como Lígia de Lima Messias, de 29 anos, acabou presa acusada de desacato e desobediência, no início da tarde desta quinta-feira (12), dentro do Comando Geral da PM, na sala da Patrulha Maria da Penha, na área Central de Rio Branco.

Segundo informações da polícia, a sargento Lígia Messias chegou na sala da coordenadoria da Patrulha Maria da Penha pedindo uma apresentação em slide para palestrar em uma empresa privada. Diante da solicitação, a tenente Priscila Siqueira de Castro, de 34 anos, disse que a empresa tinha que oficializar o pedido para o comando da Polícia Militar, solicitando a referida palestra.

Após receber a orientação, a cabo Lígia Messias perdeu o controle e começou a ofender a tenente falando: “‘cara, estás burocratizando tudo…”. Ela disse ainda que a sua superior “estava com a bola muito alta em razão da posição”.

A discussão foi presenciada pelo 3º SGT PM CAIO CERSA, em seguida, a cabo recebeu voz de prisão da tenente por desacato e depois por desobediência, pois a cabo se recusou a se entrega para ser levada para a sala da corregedoria. A tenente, após dar voz de prisão, também apreendeu o celular de Lígia que só entregou após ligar para o seu advogado.

Já na corregedoria, a PM voltou a ameaçar a tenente e disse: “por que você não resolve como mulher, isso é ridículo, age como mulher caramba, que merda”. Em seguida foi apresentada para os corregedores para ser tomada as medidas cabíveis.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.