27.3 C
Rio Branco
9 setembro 2021 8:08 am
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Cliente faz pix errado de R$ 680 em vez de R$ 68 e bar o procura para devolver diferença

Empresária disse que não localizou o cliente, mas conseguiu com o banco os dados para estornar a compra

POR G1 AM

Se você fosse um empresário, dono de um bar, e um cliente pagasse por pix R$ 680 em vez de R$ 68 e fosse embora sem perceber? Estornaria a diferença? Uma empresária de Manaus fez uma publicação em rede social para procurar o cliente e fazer a devolução de R$ 612.

O caso aconteceu no domingo (15), em um bar tradicional localizado no Centro de Manaus. A empresária Ana Cláudia Soeiro Soares contou ao G1 que não estava no estabelecimento, mas recebeu uma mensagem no celular com o aviso do recebimento de um pix no valor de R$ 680.

“Eu achei estranho por ser um valor muito alto, não condizente com a faixa do consumo no bar. Como eu não estava no bar, fiquei de perguntar para o meu funcionário no outro dia”, explicou.

A empresária disse que, por ter tomado a segunda dose da vacina contra a Covid-19, não compareceu ao estabelecimento por alguns dias, pois se sentiu mal, com reações.

“Na quarta-feira, eu fui ao bar, me lembrei e perguntei sobre a comanda de R$ 680 no domingo. Disseram que não tinha nenhuma conta nesse valor. Abri o aplicativo e mostrei. Fomos nas contas de domingo por pix do bar e, realmente, não tinha nenhuma nesse valor. Tinha de R$ 68 e eu pensei: ‘o cliente colocou um zero a mais’. Eu liguei para a gerente do banco, mas não me deu nenhuma opção do que fazer”, contou.

Na página pessoal, por meio de uma postagem, a empresária escreveu o nome do cliente e explicou o que aconteceu.

“Foi somente por meio dos comentários que eu soube e um amigo me explicou depois que eu posso fazer um estorno pelo aplicativo. A postagem em si, foi ruim, pois recebi tanto comentário dizendo que eu queria fazer marketing para o bar, mas postei na minha página pessoal”, disse.

A responsável pelo bar disse que, após ter orientações, vai fazer o estorno ainda nesta sexta-feira. Ela não localizou o cliente, mas conseguiu com o banco os dados para estornar a compra.

“O que fica como lição e que repassamos para os clientes, é que tenham cuidado na hora de fazer o pix, conferir os dados certinho”, finaliza.

 

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.