24.3 C
Rio Branco
21 setembro 2021 9:25 pm

Concurso CGU: ministro fala de provas em 2022 e lotação em Brasília

Ministro Wagner Rosário diz que aplicação das provas do concurso CGU é pouco provável para este ano. Além disso, confirma lotação no DF.

POR FOLHA DIRIGIDA

Última atualização em 30/08/2021 08:52

Provas do concurso CGU neste ano? Embora a Controladoria-Geral da União tenha encurtado o prazo, o ministro Wagner Rosário considera pouco provável que os exames aconteçam em 2021. Ele também falou sobre a lotação dos aprovados.

Em resposta à um seguidor nas redes sociais, o representante do órgão respondeu que a previsão é aplicar as avaliações em janeiro ou fevereiro.

“Pode ser que sim. Mas é pouco provável. O mais prudente é dizer que será em janeiro ou fevereiro de 2022. Estude como se fosse. Boa sorte.”

Veja a resposta na íntegra

Reprodução Twitter

Provas da CGU podem acontecer em 2021?

A resposta é sim. Mas como o próprio ministro disse, isso deve ser pouco provável. Antes, seria inviável. Quer saber por quê?

Na última sexta-feira, 27, a CGU recebeu aval do ministério da Economia para conseguir reduzir o prazo entre edital e provas. O período que era de quatro agora é de dois meses.

Sem esse aval, provas este ano seria praticamente impossível. Mas, agora, se a controladoria correr, é possível ter provas nos últimos dias do ano. Para isso, o órgão precisaria correr com os preparativos.

Isso porque ainda não foi definido a banca, sequer anunciado o início do processo licitatório. Possivelmente por este motivo o ministro considera provas este ano inviável.

Concurso CGU terá lotações em Brasília

Também pelas redes sociais, o ministro Wagner Rosário confirmou que a lotação dos aprovados será em Brasília, capital federal. Entenda:

Um seguidore questionou ao chefe da controladoria:

O ministro, por sua vez, respondeu:

“PREZADO Tales, as áreas específicas, como a de conhecimentos jurídicos, serão centralizadas em Bsb.”

Concurso CGU 2021 está autorizado!

O concurso da CGU foi autorizado em 27 de julho, quando a portaria autorizativa foi publicada no Diário Oficial da União. O aval foi dado para 375 vagas de níveis médio e superior.

O documento foi assinado pelo secretário especial de desburocratização, Caio Mario Paes de Andrade.

Das 375 vagas autorizadas, são:

  • 75 vagas de técnico federal de finanças e controle; e
  • 300 vagas de auditor federal de finanças e controle.

Quanto ganham os técnicos e auditores da CGU?

O cargo de técnico é para nível médio e não exige curso específico ou experiência. A carreira proporciona uma remuneração inicial de R$7.741,31, já com o auxílio-alimentação de R$458.

Para o auditor, é preciso nível superior. A remuneração é de R$19.655.06, com o auxílio-alimentação de R$458.

A CGU tem carga de trabalho de 40 horas semanais, com as contratações pelo regime estatutário, que assegura a sonhada estabilidade.

Último concurso CGU foi realizado em 2012

O último concurso da CGU foi realizado em 2012, quando foram ofertadas 250 vagas. A banca responsável foi a Esaf, avaliando os candidatos por meio de provas objetiva, discursiva e investigação social, além do curso de formação.

O edital contemplou áreas como Auditoria e Fiscalização (Geral e Infraestrutura), Tecnologia da Informação, Correição e Comunicação Social, concorrendo graduados nas especialidades. Como esperado, o destaque ficou por conta da área Administrativa, para graduados em qualquer curso.

No total, foram aplicadas três provas: prova objetiva de conhecimentos básicos, prova objetiva de conhecimentos específicos comum a todas as áreas e prova objetiva de conhecimentos especializados para cada área/campo de atuação na CGU.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.