28.3 C
Rio Branco
1 setembro 2021 9:37 pm

Concurso PF administrativo: ‘seguimos cobrando’, diz SinpecPF

O Sindicato Nacional dos Servidores do Plano Especial de Cargos da Polícia Federal falou sobre o pedido do concurso PF. Veja detalhes!

POR FOLHA DIRIGIDA

Sem perspectiva de ser autorizado brevemente, o concurso PF da área administrativa segue sendo cobrado pelas categorias e entidades. Pelas redes sociais, o SinpecPF disse que segue lutando pela realização, mas que o pedido não está sendo correspondido.

Em resposta a um seguidor, o Sindicato Nacional dos Servidores do Plano Especial de Cargos da Polícia Federal disse sobre o concurso:

“Seguimos lutando pela realização do concurso já que nossa categoria se encontra com uma grande defasagem em seu quadro, infelizmente os pedidos pelo concurso nos ministérios responsáveis não tem caminhado. Seguimos cobrando!”

Os sindicatos e a corporação são favoráveis ao concurso para cargos do plano especial. No entanto, pelo visto, o pedido não tem correspondido e está sem esperanças de ser autorizado de forma breve.

Pedido do concurso PF não tramita desde junho

No Sistema Eletrônico de Informações (SEI), o pedido de concurso da PF área administrativa não recebe movimentações desde junho. A última foi no dia 7 do referido mês, quando foi recebido na coordenação de concursos.

Embora caminhe a passos lentos, nada está descartado. No mundo dos concursos já vimos concursos acelerando de um dia para o outro e caminhando em alguns dias rumo à autorização.

De qualquer forma, se não for autorizado este ano, a Polícia Federal pode renovar o pedido em 2022 e cobrar novamente o aval para a seleção.

O sindicato evidencia que a carência de servidores é grande e que contar com uma reposição no efetivo seria o ideal. Desde 2013 a PF não realiza um concurso para cargos da área de apoio, ou seja, são quase dez anos sem contratar.

Concurso PF área Administrativa: pedido é de 557 vagas

Em junho, a reportagem da Folha Dirigida confirmou o pedido de concurso da área administrativa e a sua distribuição. Ele confirma 557 vagas solicitadas para a Polícia FederalO grande destaque, como esperado, é o cargo de agente administrativo.

A carreira tem exigência de nível médio e conta com remuneração de R$4.710,76, inicialmente.

Além disso, o pedido traz chances de nível superior em várias áreas. Para estes, os ganhos são de R$5.559,67 (exceção é o médico, com R$7.692,55).

Confira a distribuição completa das vagas por cargo:


Cargo Nível Quantitativo
Administrador Superior 23
Arquivista Superior 8
Assistente Social Superior 10
Bibliotecário Superior 1
Contador Superior 9
Economista Superior 3
Enfermeiro Superior 3
Engenheiro Superior 1
Estatístico Superior 4
Farmacêutico Superior 1
Médico Superior 68
Nutricionista Superior 1
Psicólogo Superior 5
Técnico em Assuntos Educacionais Superior 13
Técnico em Comunicação Social Superior 3
Subtotal Nível Superior 153
Agente Administrativo Médio 404
Subtotal Nível Médio 404
Total 557

 

O despacho do pedido, disponível para consulta no Sistema Eletrônico de Informações, traz as informações e justificativas para o novo pedido com 557 vagas na área de apoio da Polícia Federal.

“Trata de solicitação de autorização para realização de concurso público para o provimento de 153 (cento e cinquenta e três) cargos de nível superior e 404 (quatrocentos e quatro) cargos de nível médio do Plano Especial de Cargos da Polícia Federal – PECPF, conforme quadro a seguir, como medida de fortalecimento da capacidade institucional da Polícia Federal, pelas razões expostas nos autos.”

Concurso PF tinha edital previsto para setembro

A Folha Dirigida também teve acesso a uma proposta de cronograma enviado pela Polícia Federal junto com pedido de concurso. A expectativa do órgão era ter o edital publicado em setembro deste ano.

No entanto, para isso, a autorização teria que ser publicada em 1º de julho – o que não aconteceu.

Concurso PF Adm. 2021: atraso no cronograma pode atrapalhar aval?

Além de edital em setembro, o documento previa em janeiro de 2022, podendo acontecer em novembro. Para isso, trazia a ressalva do decreto 9.739/2019, que permite que órgãos federais solicitem ao Governo uma redução de dois meses no prazo entre edital e provas.

O que é preciso para ser aprovado no concurso PF?

O último concurso de agente administrativo da PF foi organizado pelo Cebraspe. A banca aplicou as provas no seu tradicional modelo de provas, com o estilo Certo ou Errado.

A organizadora tem como padrão na correção uma questão errada anular uma certa. No total, era possível alcançar até 120 pontos, pois cada questão respondida corretamente valia um ponto. Para ser aprovado, foi necessário:

  • ter nota igual ou superior a 10,00 pontos na prova objetiva de Conhecimentos Básicos;
  • ter nota igual ou superior a 21,00 pontos na prova objetiva de Conhecimentos Específicos;
  • ter nota igual ou superior a 36,00 pontos no conjunto das provas objetivas
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.