26.3 C
Rio Branco
2 setembro 2021 9:32 am

Concursos UFs e IFs 2021: Economia reduz tempo entre edital e prova

Ministério da Economia reduz tempo mínimo entre publicação de edital e primeira prova dos concursos de Universidades e Institutos Federais.

POR FOLHA DIRIGIDA

Os interessados nos concursos Universidades (UFs) e Institutos Federais (IFs) 2021 devem ficar atentos às novas regras publicadas nesta sexta-feira, 20, pelo Ministério da Economia.

Conforme a Portaria nº 10.041 , fica reduzido para 30 dias o prazo de antecedência mínima entre a publicação do edital do concurso público e a realização da primeira prova.

A redução pode deixar candidatos surpresos, considerando que, na maior parte dos casos, as instituições aplicam suas provas dentro de dois ou três meses após a divulgação do edital. Desta forma, é preciso ficar atento à preparação.

A regra vale para concursos de cargos efetivos, nas carreiras de professor-equivalente e Técnico-Administrativos em Educação (TAEs), nas instituições federais de ensino vinculadas ao Ministério da Educação. Desta forma, a lei se aplica:

  • aos concursos de professor da carreira de professor do magistério superior;
  • de professor titular-livre do magistério superior;
  • de professor da carreira de professor do ensino básico, técnico e tecnológico;
  • de professor titular-livre do ensino básico, técnico e tecnológico; e
  • de técnico-administrativo em educação do plano de carreira dos cargos TAEs).

IFRJ teve prazo reduzido em julho

Antes da publicação desta sexta-feira, 20, o Ministério da Economia, por meio da Secretaria Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital, já havia reduzido o prazo mínimo entre edital e prova para o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro (IFRJ).

Em julho, foi autorizada a redução para dois meses do prazo de antecedência mínima entre a divulgação do edital do concurso IFRJ e a realização das primeiras provas.

A medida, divulgada no Diário Oficial da União, foi aplicada às seleções de técnico-administrativos e professores. O recente edital do concurso para área de Apoio já traz um prazo inferir a três meses para a aplicação dos exames objetivos.

No momento, o concurso IFRJ oferece 53 vagas para técnico-administrativos, em cargos dos níveis médio, médio/técnico e superior.

As inscrições podem ser feitas no  site do Instituto Universal de Desenvolvimento Social (Iuds) , organizador, até o próximo dia 22. As taxas são de R$90 (assistente de alunos), R$110 (assistente em administração e cargos de níveis médio/técnico) e R$130 (nível superior).

Os candidatos serão avaliados por meio de provas objetivas, no dia 3 de outubro no turno da manhã. Ao todo, serão cobradas 50 questões.

Concurso UFRJ com 100 vagas pode ter provas este ano

Com o decreto desta sexta-feira, 20, outra instituição que poderá aplicar as provas em até 30 dias após o edital é a Universidade Federal do Rio de Janeiro.

A instituição já confirmou, com exclusividade à Folha Dirigida, que realizará um novo concurso UFRJ para o preenchimento de 100 vagas de técnico-administrativos em educação.

edital está programado para ser divulgado em outubro ou novembro. Desta forma, pela nova regra, as provas podem ocorrer 30 dias após a publicação, em novembro (caso saia em outubro) ou dezembro (caso saia em novembro) deste ano.

Apesar da possibilidade, tudo indica que a UFRJ aplicará suas provas no primeiro semestre de 2022, sob organização da PR4.

A previsão foi dada pela pró-reitora de Pessoal da UFRJ, Luzia Araújo. O prazo maior favorece os estudos para a seleção.

“Estamos dimensionando a necessidade dessas pessoas nas diversas unidades da universidade e, com quase toda certeza, o ano de 2021 ainda será palco para o nosso próximo edital, cujas provas já acontecerão no ano de 2022, para posse ainda em 2022. O edital deverá sair em outubro ou novembro”, disse a pró-reitora.

destaque do concurso UFRJ será o cargo de assistente em administração, de nível médio. O posto, que exige apenas a conclusão da escolaridade, não sendo necessário ter experiência, deve contar com 60 vagas. Os aprovados terão ganhos iniciais de R$2.904,96.

As outras 40 vagas serão destinadas a mais dez cargos, entre eles enfermeiro e médico, que terão o nível superior como requisito. As especialidades dos médicos, no entanto, ainda não foram reveladas. Os aprovados, nestes casos, terão ganhos iniciais de R$4.638,66.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.