25.3 C
Rio Branco
11 setembro 2021 11:14 pm

Criminoso é morto e dois são detidos após fazerem motorista de app refém e trocarem tiros com a PM em Rio Branco

POR ITHAMAR SOUZA, DO CONTILNET

Última atualização em 12/08/2021 09:59

Matheus Alves acabou morto após uma intensa troca de tiros com a PM, e dois comparsas dele, identificados co Ezequiel Araújo Freitas, 19 anos, foi preso e um menor de 17 anos foi apreendido, na noite desta quarta-feira (11), na Rua Jucelino Kubitschek, no bairro Santa Helena, na região do Segundo Distrito de Rio Branco.

Segundo informações da polícia, Matheus e dois comparsas pediram uma corrida para um motorista de aplicativo no bairro Areal, na região do Segundo Distrito de Rio Branco, e renderam o motorista, amarraram o trabalhador e depois colocaram ele dentro do porta-malas. Eles rodaram com o veículo do profissional por diversos bairros da região.

O motorista relatou que, antes de buscar os criminosos, pressentiu o perigo e passou sua localização para o irmão, para ele ficar observando o trajeto do profissional. Ao ver que a rota estava errada, o irmão fez buscas dentro do Areal e encontrou o veículo rodando pelas ruas do bairro e viu que não era o irmão que estava dirigindo.

Então, o irmão ligou para a própria esposa, que entrou em contato com a Polícia Militar, que estava passando informações em tempo real para os militares. Uma guarnição conseguiu interceptar o veículo na rua Jucelino Kubitschek, atrás da Expoacre, onde os PMs já foram surpreendidos pelos criminosos a tiros.

A guarnição acabou revidando e na troca de tiros Matheus Alves, que estava dirigindo o carro modelo Onix de cor branco, acabou ferido com dois tiros, sendo um no tórax e outro na perna direita. Após a troca de tiros, os comparsas se renderam e entregaram duas armas, uma calibre 38 e uma garrucha calibre 36, todas municiadas.

Os militares ainda acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que esteve no local e apenas atestou a morte de Matheus Alves. O corpo foi removido e levado ao Instituto Médico Legal (IML).

A Polícia Militar deu voz de prisão ao Ezequiel e de apreensão de um menor de 17 anos, que foram encaminhados para a Delegacia de Flagrantes (Defla). Eles responderão por roubo, porte ilegal de arma de fogo. O caso será investigado pela Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP).

Fotos: ContilNet

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.