23.3 C
Rio Branco
18 setembro 2021 5:34 am

Deputado diz que funcionários de hospitais do AC estão sendo alvo de criminosos e pede providências

“Na hora em que acontecer algo grave, a responsabilidade vai ser do Governo do Estado”, disse o deputado

POR TIÃO MAIA, PARA O CONTILNET

Última atualização em 31/08/2021 11:08

A falta de vigilantes ou agentes de segurança nas unidades de saúde do Acre, na Capital e no interior, foi tema de discurso do deputado Roberto Duarte (MDB) durante sessão da Assembleia Legislativa nesta terça-feira (31).

“Na hora em que acontecer algo grave, a responsabilidade vai ser do Governo do Estado”, disse o deputado.

Roberto Duarte apontou que, desde a demissão de 180 trabalhadores que atuavam na vigilância de hospitais e outras unidades de saúde, servidores têm sofrido ameaças e até casos mais graves, como tentativa de agressões físicas, como ocorreu na Upa da Sobral.

De acordo com o parlamentar, um dos hospitais mais atingidos pela onda de violência por falta de segurança é a Maternidade Barbara Heliodora, no centro de Rio Branco.
“Ali, todos os dias, servidores e pacientes são ameaçados e roubados porque, por falta de segurança, os bandidos invadem a unidade à luz do dia. Espero que o governo tome providencias e que a gente não seja mais obrigado a trazer o assunto a esta tribuna”, disse.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.