28.4 C
Rio Branco
17 setembro 2021 9:35 pm

Deputado diz que vai provar que PM tem mais de 300 vagas a serem preenchidas: “Solidariedade não resolve nada”

POR NANY DAMASCENO, DO CONTILNET

Última atualização em 10/08/2021 11:00

O deputado estadual Edvaldo Magalhães (PCdoB) endossou o coro feito pelos deputados Neném Almeida e Roberto Duarte, que subiram antes na tribuna da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), e cobrou uma solução definitiva para a situação do cadastro de reserva da Polícia Militar.

“Não podemos aqui ficar apenas nas falas e atos de solidariedade, pois isso não resolve absolutamente nada e quero propor um diálogo para recebermos uma comissão deles [aprovados] aqui na Aleac para uma conversa pois precisamos dar um passo para essa situação”, pediu.

Segundo Magalhães, tem um documento assinado pelo documento da PM que prova que há vagas suficientes para chamar os mais de 300 candidatos que aguardam a convocação. Ele afirmou que vai apresentar o documento ainda na sessão desta terça.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.