35.3 C
Rio Branco
19 setembro 2021 5:13 pm

Duarte diz que Gladson alimentou sonho no cadastro de reserva da PM e depois “deu uma facada no coração de cada um”

Para Duarte, o Estado tem dinheiro para convocar estes jovens. "Temos orçamento, o que falta é  gestão", asseverou

POR NANY DAMASCENO, DO CONTILNET

Última atualização em 04/08/2021 11:23

Os aprovados no cadastro de reserva da Polícia Militar do Acre continuam acampados no hall da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), mesmo após o Governo do Estado informar que convocaria 200 e remanejaria 125 para o Corpo de Bombeiros.

Durante a sessão, o deputado Roberto Duarte (MDB) retomou o debate entre os parlamentares, criticando a nota do Estado que afirma que não poderá convocar todos os aprovados do cadastro de reserva.

“Estranhamente, depois de três anos, surge uma nota falando de uma ilegalidade que pode ser sanada pelo Governo, se quiser, se tiver boa vontade e principalmente, se tiver compromisso com a sua palavra”, cobrou.

Segundo o parlamentar, o Governo provocou a situação que acontece agora já que poderia não ter prometido a convocação. “Esses jovens poderiam há muito tempo ter deixado esse sonho de lado mas, para que isso acontecesse, o governador tinha que ter falado que não convocaria. Mas ele levou esse sentimento ao coração deles, fazendo eles sonharem por mais de três anos, agora ele dá uma facada no coração de cada um. Acaba com o sonho que ele alimentou: não fui eu, não foi nenhum deputado que tá aqui. Foi o governador, dando sua palavra”, afirma.

Para Duarte, o Estado tem dinheiro para convocar estes jovens. “Temos orçamento. O que falta é gestão”, asseverou.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.