41.7 C
Rio Branco
21 setembro 2021 12:50 pm

Em Cruzeiro do Sul, governo inicia reforma do Museu e Memorial José Augusto e do Teatro José de Alencar

POR SECOM

Última atualização em 24/08/2021 13:40

No dia 13 de agosto, o governador Gladson Cameli presenteou Cruzeiro do Sul com a assinatura de ordens de serviço para reforma e revitalização de prédios e espaços públicos, que receberão mais de R$ 1 milhão em investimentos. Entre os equipamentos beneficiados, está a reforma de edifício histórico que abriga, na parte central da cidade, o Museu e Memorial José Augusto e o Teatro José de Alencar.

Orçada em R$ 436 mil, a obra, que iniciou na sexta-feira, 20, prevê a troca da cobertura, do piso, e melhorias em impermeabilizações e funcionalidade dos dois ambientes.

O chefe de Departamento da Fundação Elias Mansur (FEM) em Cruzeiro do Sul, Cordolino Mota, ressalta que a iniciativa do governo é de fundamental importância, pois os espaços ajudam a manter viva a memória dos 117 anos da capital do Vale do Juruá.

“Esses são espaços que já atenderam muito bem à sociedade. Houve um tempo em que as nossas atividades culturais eram todas apresentadas neste local”, afirmou.

Mota destaca ainda que o governador tem dado atenção especial à cultura na região do Juruá, garantindo investimentos que possibilitam a realização de eventos, como é o caso da atividade Abraço Cultural.

O zelo pelo patrimônio estadual tem sido marca da gestão de Cameli. Para garantir a qualidade dos serviços, o gestor ordenou que a Secretaria de Estado da Infraestrutura e Desenvolvimento (Seinfra) fiscalizasse as obras.

“A cultura é muito importante para o desenvolvimento de um povo, pois une informação e entretenimento. Estamos aqui para garantir que estas reformas saiam adequadas às normas técnicas”, informou o engenheiro da Seinfra, Elisson Silva Almeida.

Ao todo, serão três meses intensos de trabalho, até a entrega dos espaços totalmente prontos para o uso.

Os históricos museu, memorial e teatro de Cruzeiro do Sul

O edifício, que também é um verdadeiro patrimônio do município, já foi sede da prefeitura, da Câmara de Vereadores e, desde 2006, passou a ser espaço para a cultura. Registros históricos fotográficos mostram que desde 1913 o local já servia aos cruzeirenses.

 

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.