41.7 C
Rio Branco
21 setembro 2021 11:25 am

Em entrevista exclusiva ao ContilNet, gerente do Bar do Nunes, em Sena Madureira, abre o jogo e esclarece confusão

POR DOUGLAS RICHER, DO CONTILNET

Última atualização em 30/08/2021 17:28

A reprodução dessa coluna fica proibida sem os créditos do colunista e site. A cópia desse conteúdo sem autorização gera processos judiciais.

Siga meu Instagram e veja mais conteúdos: @douglasricher.

Devido a repercussão das imagens nas redes sociais envolvendo o Bar do Nunes, o site ContilNet, conversou com o gerente Jefferson Silva, que comentou sobre o episódio. Para este colunista, Jerfesson lamentou o episódio e anunciou melhorias e novas medidas:

“A gente ver essas coisas acontecendo aqui no bar e gente que trabalha aqui fica muito triste, porque a gente tentou montar uma coisa diferente aqui em Sena. Quando a gente começou aqui, Sena Madureira (sic) tava muito carente, não existia som ao vivo, fazia muito anos. Desde quando começou a pandemia Sena Madureira não tinha mais nada, nenhuma atração, (sic) tava parada, até que foi liberando tudo, comercio e depois foi liberando os bares, e agente começou a trazer atração. Sena tava muito carente, e a gente tenta agradar o público trazendo uma atração diferente, toda sexta semana uma atração diferente, e a gente tá gastando, tá investindo, nas atrações e a gente investe muito em segurança. Todo som ao vivo tem segurança, antigamente tinha quatro seguranças aqui, quando começou essas brigas aumentamos os números de seguranças, contratamos seis, e quanto o fluxo (sic) tá grande investimos mais, esse número passa para oito. A gente tá fazendo de tudo pra poder acabar com isso, a gente fica muito triste porque leva o nome do bar. Temos uma parcela de culpa no geral, mais não é nossa culpa se o ‘cara’ chega estressado, ver outra pessoa e faz confusão. No caso do Elvis Dany, o menino surtou do nada por causa de ciúmes, não tinha acontecido, o Elvis é um cara que não mexe com ninguém. O que aconteceu nesse fim de semana agora, o ‘cara’ (sic) tava bem alterado, bem embriagado, já tinha derramado cerveja na mesa ao lado, e tivemos a reclamação passada para nosso segurança que atendeu o pedido e foi conversar com o rapaz. E o segurança foi conversar com ele, e já começou a ser agredido. Tudo isso deixa a gente bastante triste, isso leva o nome do bar. A gente tá fazendo de tudo para melhorar, esse final de semana vamos começar limitar o número de pessoas, vamos cobrar entrada, cobrar ingresso. A gente tá fazendo de tudo para acabar com isso, para para não sujar mais ainda o nome do bar. A gente faz de tudo, investe, traz atrações, tudo para melhor, agradar os clientes, mas infelizmente esses episódios de confusão sobra pra gente. Muito triste!”

Veja a nota de esclarecimento oficial emitida pela direção do Bar do Nunes na íntegra:

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.