41.7 C
Rio Branco
21 setembro 2021 11:39 am

Extremos: 6 meses após cheia histórica, Sena enfrenta seca severa e Iaco atinge menor nível da história

Com 80 centímetros nesta sexta-feira (20), manancial tem nível mais baixo dos últimos 24 anos, quando começou a ser monitorado

POR NANY DAMASCENO, DO CONTILNET

Última atualização em 20/08/2021 11:39

Seis meses após a cheia histórica que atingiu 4,3 mil famílias e deixou 80% da cidade embaixo d’água em fevereiro deste ano, Sena Madureira registra mais um recorde tendo como protagonista o Rio Iaco. Desta vez, o manancial registra o menor nível desde 1997, ano em que começou a ser monitorado.

Nesta sexta-feira (20), o rio chegou a marca de 80 centímetros. Segundo o tenente Freitas Filho, do Corpo de Bombeiros do Acre, a situação é crítica no terceiro maior município do Acre.

A situação é preocupante, já que apesar de viver um período crítico da estiagem, o pico só deve ser atingido em setembro, ou seja, o manancial deve continuar baixando.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.