34.3 C
Rio Branco
22 setembro 2021 2:36 pm

Filho 04 de Bolsonaro estava em festa clandestina interditada em Goiás com mais de mil pessoas

Segundo a prefeitura, local não possuía autorização para realizar o evento e estava desrespeitando todos os decretos sanitários em prevenção à Covid-19

POR G1 GO

Última atualização em 29/08/2021 14:57

A fiscalização da Prefeitura de Goiânia interditou uma festa de luxo clandestina com cerca de mil pessoas, entre elas o filho mais novo do presidente, Jair Renan Bolsonaro, conhecido como 04. Sem máscara, Renan aparece no evento em uma foto postada nas redes sociais ao lado de dois jovens, que também não utilizam o item de proteção. A informação foi confirmada ao G1 pelos órgãos de fiscalização do município.

A festa foi interditada por volta das 23h30 de sábado (28). De acordo com o município, o local não possuía autorização para realizar o evento e estava desrespeitando as medidas sanitárias estabelecidas pela prefeitura, que permite a realização apenas de eventos corporativos com até 250 pessoas durante a pandemia.

De acordo com a Agência Municipal do Meio Ambiente (Amma), a festa começou às 16h e estava prevista para terminar às 8h deste domingo (29), no Palácio Monte Líbano, no alto do Morro do Mendanha, na capital. Conforme o órgão, o dono do local foi multado pelo descumprimento da medida. O valor da multa não foi divulgado.

O G1 entrou em contato com o Palácio Monte Líbano, por telefone, na manhã deste domingo (29), para pedir um posicionamento sobre o caso, mas as ligações não foram atendidas até a última atualização desta reportagem.

Participam da fiscalização integrantes da Vigilância Sanitária, Secretaria Municipal de Planejamento (Seplan), Agência Municipal do Meio Ambiente (Amma), Guarda Civil Metropolitana (GCM) e Corpo de Bombeiros.

 

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.