24.3 C
Rio Branco
21 setembro 2021 9:16 pm

Forças de Segurança da Bolívia e Acre irão reforçar luta contra crimes transfronteiriços

POR O ALTO ACRE

Última atualização em 20/08/2021 12:15

Um grande encontro envolvendo a alta cúpula da segurança pública do Acre e da Bolívia aconteceu nesta semana na cidade de Cobija, capital do Estado do Pando, que é vizinha dos municípios de Brasiléia e Epitaciolândia.

No evento, estiveram presentes; o Vice-Ministro de Segurança Cidadã da Bolívia, Lic Roberto Ríos, o Comandante General da Polícia Boliviana, Coronel Máximo Jhonny Aguilera Montecinos, Comandante Departamental de Polícia de Pando, Coronel Carlos Eduardo Fernández Orellana e por final, o Diretor de Segurança Cidadã do Governo Autónomo Municipal de Cobija, Gonzalo Rene Caballero Lazo de La Veja.

Por parte do Acre, estiveram o Secretário de Segurança do estado do Acre, Coronel Paulo Cezar, acompanhado o diretor de Operações da Secretaria de Justiça e Segurança Pública do Acre (Sejusp), coronel Ulysses Araújo, o coordenador do Grupo Especial de Fronteira do Acre (Gefron), coronel Antônio Teles.

Também estiveram presentes, os delegados dos municípios de Brasiléia, Carla Ivane, do município vizinho, Luís Tonini e do delegado e chefe da Polícia Federal em Epitaciolândia, Valdir Celestino da Costa e do Diretor de Inteligência do Acre, José Dissâneo, além de assessores.

O encontro foi o segundo realizado em menos de um mês, onde teve como pauta principal, tratar do combate contra os crimes tranfronteiriços, principalmente contra o aumento de grupos criminosos que vem atuando dentro dos presídios da Bolívia e determinando ordens para a realização de assaltos, homicídios e tráfico de drogas e armas.

Também foi destacado pelo Secretário Paulo Cezar, que um dos principais pontos no encontro, seria o melhoramento de controle e segurança nas regiões de Brasiléia e Epitaciolândia, como também em Cobija/Bolívia. “Temos tratativas formais como termos de cooperação técnica que foram aprofundadas no combate mais efetivo, que estão em relação a delitos e infrações em ambos os territórios, no sentido de atuar de forma mais objetiva visando tirar essas pessoas do meio da sociedade”, destacou o Paulo Cezar.

Para o vice-ministro de segurança da Bolívia, Lic Roberto Ríos, o encontro com representantes da segurança pública do Acre, é bem vista pelo governo da Bolívia, pois, estão do mesmo lado no que se refere à segurança pública.

Destacou que é importante reforçar o patrulhamento preventivo entre as cidades de Brasiléia, Epitaciolândia e Cobija, além do intercâmbio de inteligência entre ambos os países, no que se refere à segurança, investigações e soluções de delitos na fronteira.

O próximo encontro deverá acontecer no mês de setembro, onde poderá ter a presença do Executivo dos dois países, onde assinarão um termo de cooperação mais definido para o combater o crime.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.