25.3 C
Rio Branco
2 setembro 2021 4:11 am

Homem levado ao ‘tribunal do crime’ é salvo após gritar para viatura; saiba tudo!

Caso foi registrado na Delegacia Sede de Guarujá como sequestro e cárcere privado, associação criminosa, posse ou porte ilegal de arma de fogo e disparo de arma.

POR G1

Um homem de 42 anos foi resgatado antes de ir para o ‘tribunal do crime’ após abrir a porta do carro e gritar um pedido de socorro para policiais militares em Guarujá, no litoral de São Paulo. A equipe policial começou a seguir o veículo e, depois de aproximadamente um quilômetro, eles pararam. Haviam quatro suspeitos, sendo que dois conseguiram fugir e outros dois foram presos.

O caso aconteceu no bairro Jardim São Manoel, informou a polícia nesta quinta-feira (19). Segundo o boletim de ocorrência, equipes da PM faziam patrulhamento na Avenida da Saudade quando um homem abriu a porta de um carro que passava na hora e gritou ‘socorro’. Intrigados com a situação, eles passaram a seguir o veículo.

Os agentes começaram a acompanhar e alegam que deram sinais com o farol para que eles parassem, mas o condutor do veículo ignorou. Eles informaram que, aproximadamente um quilômetro e meio depois, o carro parou. O motorista desceu e fez um disparo com arma de fogo sem direção certa. Ele fugiu, assim como outro passageiro do veículo que conseguiu correr a tempo.

Dois suspeitos, um que estava na porta dianteira do passageiro e outro que estava no banco de trás, foram alcançados pela polícia. No veículo, eles localizaram o homem que alegou ter sido vítima de sequestro. Ele ainda disse que seria levado para o ‘tribunal do crime’ no bairro Vila Baiana. Entretanto, não informou na delegacia o motivo pela qual seria levado até lá.

Os suspeitos, de 18 e 40 anos, também não explicaram o motivo do sequestro e preferiram ficar em silêncio durante o registro do boletim de ocorrência. Eles contaram com assistência de uma advogada que foi até a delegacia. A polícia apreendeu o veículo, uma arma, celulares, um pedaço de madeira, um taco de beisebol de alumínio e uma corda. Todos os objetos ficaram na delegacia e vão passar por perícia.

Os dois homens que estavam no veículo foram presos em flagrante. O caso foi registrado na Delegacia Sede de Guarujá como sequestro e cárcere privado, associação criminosa, posse ou porte ilegal de arma de fogo e disparo de arma.

O homem que foi sequestrado prestou depoimento para as autoridades policiais e foi liberado em seguida. A Polícia Civil tenta identificar os dois suspeitos que conseguiram fugir do local.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.