41.7 C
Rio Branco
21 setembro 2021 11:43 am

Horóscopo do dia: confira o que os astros revelam para esta segunda-feira

Veja o horóscopo por Oscar Quiroga para desvendar esta segunda-feira, 30 de agosto, de acordo com cada signo

POR CORREIO BRAZILIENSE

Última atualização em 30/08/2021 06:05

O protagonismo de teu destino
Data estelar: Mercúrio ingressa em Libra; Lua quarto minguante em Gêmeos

Muito pensar e pouco fazer, esta é a segura fórmula da frustração, além de congestionar a alma, que por estar fechada em seus próprios pensamentos se regozija com projeções maravilhosas, mas que também enxerga o tempo passar e nada acontecer. Nada acontecerá se tu não tomas as devidas iniciativas, porque se esperares que o céu faça por ti o que só tu poderias fazer, a única coisa que acontecerá é que ficarás esperando a vida toda por um golpe de sorte, por um destino que nunca virá.

Eventualmente, golpes de sorte acontecem, mas, te preparaste para o dia seguinte? Porque depois desse evento tu terás de te responsabilizar por fazer algo substancioso com isso. Te garanto, de uma coisa nunca poderás te livrar, que é da responsabilidade de assumir o protagonismo de teu destino. Sem isso, tudo o mais soará sempre falso.

ÁRIES (nascimento entre 21/3 a 20/4)

Negociar é imprescindível, porque sobre a mesa há interesses discordantes, mas que precisam conviver da melhor forma possível, e não haveria nenhuma perspectiva de harmonia sem negociação. Prepare sua alma para isso.

TOURO (nascimento entre 21/4 a 20/5)

Ainda há várias pontas soltas que você precisa amarrar antes mesmo de colocar seus planos em marcha. Porém, não será necessário se deter nisso por muito tempo, apenas dar uma olhada geral e acertar o imprescindível.

GÊMEOS (nascimento entre 21/5 a 20/6)

Enquanto sua alma continua imaginando que seria melhor fazer qualquer outra coisa do que a que está sendo feita, você verá que, como resultado, aquilo que seja feito prevalecerá sobre o que você imaginar. É assim.

CÂNCER (nascimento entre 21/6 a 21/7)

Felizmente, a humanidade ainda não tem o poder de materializar tudo que pensa, porque se o tivesse, já imaginou você quantas monstruosidades andariam à solta por aí? Por enquanto, a realidade concreta manda.

LEÃO (nascimento entre 22/7 a 22/8)

Ainda que as coisas que lhe interessam não tenha adquirido, ainda, consistência suficiente para se tornarem um caminho, mesmo assim você não deve se deter a elevar queixas e lamúrias, porque isso atrasaria o processo.

VIRGEM (nascimento entre 23/8 a 22/9)

Faça com que seus interesses sejam valorizados, não entregue o jogo, justo agora que parece haver certa vantagem para seu lado. Sempre haverá quem pretenda diminuir o valor de seus interesses. Não permita isso agora.

LIBRA (nascimento entre 23/9 a 22/10)

Sem você se importar demais com quaisquer dúvidas e dilemas que corroam suas vísceras, o assunto é colocar em prática suas pretensões e ver o que acontece. Francamente, o pior que pode acontecer é nada acontecer.

ESCORPIÃO (nascimento entre 23/9 a 21/11)

Pense um pouco, muito do que você suspeitou no passado se demonstrou infundado, eram apenas suposições. Isso deveria servir para você usar mais seu discernimento, evitando entrar em caminhos inúteis. Melhor.

SAGITÁRIO (nascimento entre 22/11 a 21/12)

Fazer cobranças significa que você abre a porta para, também, sua alma ser cobrada, mesmo que não haja real justificativa para isso. Aquilo que você faz a outrem é o que outrem se sentirá no direito de fazer com você.

CAPRICÓRNIO (nascimento entre 22/12 a 20/1)

Perder tempo será sempre uma opção, mas há momentos da vida, como o atual, em que essa seria a pior escolha que sua alma poderia fazer, dado haver tantas portas abertas e tantas facilidades disponíveis. Melhor não.

AQUÁRIO (nascimento entre 21/1 a 19/2)

A convergência de desejos e necessidades é tudo que sua alma precisa para reconhecer quais seriam as decisões certas e quais as erradas. Desejos e necessidades, em geral, tomam direções completamente opostas.

PEIXES (nascimento entre 20/2 a 20/3)

As impressões são maiores e mais intensas do que suas expressões, e isso cria um desequilíbrio que se transforma em mau humor, porque sua alma percebe que faz menos do que poderia ou deveria. Manifeste mais e melhor.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.